Encontro
Amirt

Governo de Minas amplia Centrais de serviço para trabalhadores autônomos

Por: Agência Amirt 23/11/2017 10:02

O governo de Minas Gerais vai terminar o ano de 2017 com dez novas unidades da Central de Autônomos no estado. O projeto é uma realização da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social.

São disponibilizados nas Centrais diversos profissionais autônomos nas áreas de faxina, auxiliar de serviços gerais, lavandeira, passadeira e cozinheira. Quatro unidades já estão em funcionamento nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Patrocínio e Três Corações.

faxineira

O trabalho nas Centrais pode garantir renda extra para trabalhadores autônomos (Foto: Reprodução/Internet)

Quem tiver interesse em contratar um funcionário autônomo deve procurar uma das Centrais e efetuar o cadastro no sistema. Após realizar sua inscrição, a secretaria vai indicar um profissional diarista de acordo com a demanda. O empregador vai ter todas as informações sobre o profissional indiciado. Desta maneira, ele vai poder aceitar ou não a indicação da Central.

O valor pago em Belo Horizonte para os trabalhadores é de cerca de 100 reais para 8 horas de trabalho. No interior, esse valor é um pouco menor.

Os patrões têm que fornecer vale-transporte. A alimentação fica a critério do contratante, podendo ou não fornecer algum lanche no horário de serviço do funcionário.

Anexos para downloads:

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: