Pedro Cine Fotos
Amirt

Ibama multa mineradora em R$ 72,6 milhões por vazamentos em MG

Por: Agência Amirt 11/04/2018 16:58
Foto: reprodução MPMG

Foto: reprodução Ministério Público de Minas Gerais

O Ibama – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis decretou cinco autos de infração no valor de R$ 72,6 milhões contra a mineradora Anglo American. Os autos de infração foram determinados ontem (10), em Santo Antônio do Grama, região da Zona da Mata.

A atuação se deu em razão de dois vazamentos no Mineroduto Minas-Rio, que resultou no lançamento de 947 toneladas de minério de ferro na região. Após o ocorrido, a Diretoria de Licenciamento Ambiental do Ibama determinou a interrupção imediata da operação.

Em resposta ao primeiro vazamento que aconteceu em 12 de março, o instituto aplicou três multas de infração que somadas passam de R$ 12 milhões. As autuações foram por poluição, poluição hídrica e pelo lançamento de minério. Além disso, a Copasa teve que interromper a captação de água por causa das 318 toneladas despejadas no curso d’água.

Para o segundo vazamento que ocorreu após 20 dias, o Ibama aplicou dois autos de infração que totalizam R$ 17,5 milhões, por poluição e lançamento de minério. Porém o novo vazamento não comprometeu o abastecimento de água da região.

Além disso, uma análise realizada na cidade constatou o escoamento de 647 toneladas de material. Desse número, 174 toneladas atingiram o curso d’água e 473 alcançaram uma fazenda. Por este motivo, o valor total estipulado pelo Ibama ficou em R$ 72,6 milhões para a reparação dos danos.

O instituto aguarda a apresentação do Plano de Recuperação de Áreas Degradadas pela empresa e irá acompanhar sua execução.A mineradora informou que está analisando a notificação e que vai se posicionar em breve.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: