Pedro Cine Fotos
Amirt

Índice de desaprovação do Governo Temer sobe para 66,6%, aponta pesquisa

Por: Agência Amirt 28/02/2017 9:00

Por Jovem Pan

Uma pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas encomendada pela Jovem Pan mostrou que o índice de desaprovação do Governo Temer até o momento é de 66,6% da população entrevistada. Apenas 29,5% aprovam a gestão do peemedebista, enquanto 3,9% dos entrevistados não souberam opinar.

O índice é o maior desde junho de 2016, quando a desaprovação estava em 55,4%. Desde então, a satisfação com o Governo caiu nos meses de julho e agosto, mas voltou a crescer em dezembro do ano passado.

Em outro ponto da pesquisa, foi questionado em quem as pessoas votariam caso as eleições para a presidência ocorressem hoje. Em primeiro lugar aparece o ex-presidente Lula, com 22,6% dos votos, seguido de Aécio Neves (12,9%), Marina Silva (12,6%) e Jair Bolsonaro (12%).

Apesar de ser o mais votado nas intenções de voto, Lula também aparece em primeiro quando a pergunta é em que você não votaria para presidente. O petista aparece com 45,7%, seguido de Aécio com 25% e Temer com 24,4%.

PSDB na disputa

Com os nomes dos tucanos João Doria, Aécio neves, José Serra, Geraldo Alckmin e Marconi Perillo em uma disputa pela presidência, 22,2% afirmaram que votaria em Doria, 15,1% em Aécio, 13,8% em Serra e 13% em Alckmin. Marconi Perillo aparecia mais distante com 3% das intenções.

Dados da pesquisa

O universo desta pesquisa consiste em eleitores com 16 anos ou mais. Para a realização desta pesquisa foi utilizada uma amostra de 2.020 eleitores. A amostra foi estratificada segundo sexo, faixa etária, escolaridade, nível econômico e posição geográfica. O trabalho de levantamento de dados foi feito através de entrevistas pessoais com eleitores de 26 Estados e Distrito Federal em 146 municípios entre os dias 12 e 15 de fevereiro de 2017, sendo auditadas simultaneamente à sua realização 20,0% das entrevistas.

Tal amostra representativa do território nacional atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2,0% para os resultados gerais. Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de erro de 3,5% para o estrato da Região Sudeste, onde foram realizadas 869 entrevistas, 4,5% para o estrato da Região Nordeste, onde foram realizadas 545 entrevistas, e 6,0% para o estrato da Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 300 entrevistas e 6,0% para o estrato da Região Sul, onde foram realizadas 306 entrevistas. A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/ 16 e é filiada à Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa – ABEP desde 2003.

Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional, conforme o mapeamento do Brasil em 5 regiões administrativas, Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, segundo o IBGE. Essa divisão geográfica foi considerada como primeira estratificação. Dentro de cada região, agruparam-se os municípios em grupos homogêneos, procedendo-se à estratificação proporcional final da amostra.

 

 

%d blogueiros gostam disto: