Pedro Cine Fotos
Amirt

Julgamento no STF sobre delação da JBS segue nesta quinta após impasse entre ministros

Por: Agência Amirt 29/06/2017 8:50

A decisão sobre a validade das delações dos executivos da JBS foi adiada mais uma vez pelo plenário do Supremo Tribunal Federal. Até agora, dez ministros já votaram, falta apenas ouvir a presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia.

O entendimento da maioria é manter a homologação da delação do relator, Edson Fachin. O principal ponto de discussão foi sobre papel do colegiado na avaliação dos acordos de colaboração.

Apesar da maioria formada, os debates entre os ministros ficaram acalorados nessa quarta-feira (28).

Gilmar Mendes foi o primeiro votar nessa quarta-feira e abriu a divergência – ele concordou em manter Fachin na relatoria, mas votou para levar ao colegiado a homologação das delações.

Rosinei Coutinho/SCO/STF

Julgamento Continua no STF nesta quinta (29)/Rosinei Coutinho

Ele também fez criticas ao Ministério Público e afirmou que as delações são importantes, mas sem controle podem ser perigosas.

Em seu voto, o ministro Celso de Melo rebateu as críticas de Gilmar ao Ministério Público. Celso de Melo elogiou a Procuradoria-Geral da República e defendeu também a prática de colaboração premiada.

Apesar dos votos já proferidos, o placar do julgamento pode mudar porque os ministros podem revisar as manifestações. O julgamento continua nesta quinta-feira (29).

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: