Pedro Cine Fotos
Amirt

“Migué” no trabalho custa até R$ 1 bilhão às empresas

Por: Agência Amirt 22/03/2018 16:45

Pesquisa apontou quais são as desculpas esfarrapadas mais frequentes em Minas


Os “migués” ou desculpas que os funcionários dão no trabalho custam caro para as empresas. Em Minas, de acordo com uma pesquisa, o rombo é de quase R$ 1 bilhão de reais anualmente.

O levantamento foi feito pelas empresas Santo Caos e Pimientos. De acordo com as empresas, a gíria que no ambiente profissional define o ato de burlar as obrigações por desculpas não justificáveis, causa grandes impactos financeiros.

O estudo foi feito no ano passado e entrevistou mais de 900 pessoas em todo o Brasil. A pesquisa buscou entender os motivos pelos quais os funcionários dão desculpas para se esquivar das obrigações.

De acordo com a pesquisa, em Minas os trabalhadores têm dois motivos principais para dar migués. O primeiro, com 36%, por não concordar com as políticas da empresa. Como bater ponto ou emendar feriado. Em segundo lugar, com 26,8%, os mineiros costumam dar uma “fugidinha”. É aquele que dá um migué para evitar conflitos com o chefe ou com a empresa.

Entre os entrevistados em todo o Brasil, foram 39% homens e 61% mulheres com idades entre 18 e 65 anos.

Para saber o custo que os migués causam as empresas, o estudo levou em consideração o número de brasileiros ocupados, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), além de dados do IBGE.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: