Pedro Cine Fotos
Amirt

Parceria AMIRT / ABERT facilitará relacionamento entre emissoras, agências e governo federal

Por: Agência Amirt 30/10/2017 11:54

Parceria AMIRT / ABERT facilitará relacionamento entre emissoras, agências de publicidade e governo federal

Objetivo da parceria

Com o intuito de solucionar diversos problemas que envolvem a divulgação de campanhas do governo federal pelas rádios e agências de publicidade, a Associação Mineira de Rádio e Televisão (AMIRT) e a ABERT selaram, nesta quarta-feira (25), um acordo que fortalecerá as emissoras na captação de publicidade e também na comprovação da documentação necessária, exigida pela Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), responsável pelas veiculações governamentais.

Entenda o caso

Por causa da enorme quantidade de documentos e burocracia, as emissoras independentes e, em especial as menores, encontram grandes dificuldades em receber publicidade realizada pelo governo federal. Preocupadas com suas associadas, a ABERT e a AMIRT ajudarão na conferência dos documentos, habilitação e credenciamento das rádios junto à SECOM, quando o assunto envolver propagandas dos ministérios, Caixa, Petrobras e Banco do Brasil.

O processo tem duas partes: na primeira, uma vez ao ano, as emissoras apresentam documentos de regularidade fiscal, societária e tributária, habilitando-se junto à SECOM. Depois, toda vez que a SECOM realiza uma campanha usando a rádio habilitada, mais documentos são exigidos e, finalmente, os documentos de cobrança.

Atualmente, a AMIRT já realiza esse trabalho com as agências do Estado de Minas Gerais. A partir do acordo com a ABERT, o objetivo é expandir sua atuação com os publicitários de Brasília.

Convênio ABERT / AMIRT

O convênio tem como objetivo assessorar as rádios com a documentação, possibilitando às emissoras distantes de Brasília desobstruir todo o processo entre o governo federal e as rádios.

As tratativas da parceria foram feitas pela coordenadora administrativa da AMIRT, Lilian Medina, pela assessora de publicidade e relacionamento com o governo federal, Gabriela Pessoa, e pelo advogado Rodolfo Salema, ambos da ABERT.

Durante as discussões, foi ressaltada a importância de as emissoras comprovarem a documentação e enviarem os dados corretamente. “As emissoras só recebem o dinheiro após a comprovação da veiculação da campanha junto às agências, bem como depois que todos os dados estejam corretos, isso para que as rádios e a agência consigam receber pela campanha,” afirma Medina.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A parceria entre a AMIRT e a ABERT favorecerá todas as rádios do estado. “Vai beneficiar tanto a emissora, quanto mostrar o papel de apoio associativo da ABERT e da AMIRT. Acredito que essa ação vai valorizar mais o meio rádio, de modo que essa importante mídia possa cada vez se valorizar”, ressalta Pessoa.

AMIRT, primeira associação a realizar a parceria com a ABERT 

A iniciativa da parceria veio do presidente da AMIRT, Mayrinck Júnior, um executivo preocupado com a constante melhora das receitas das emissoras de rádio. A expectativa é que o projeto seja estendido a todas as entidades estaduais que manifestarem interesse. “O trabalho conjunto entre as associações serve para todos crescerem no veículo rádio,” afirma Mayrinck.

Durante as discussões, a ABERT explicou que as emissoras classificadas no sistema Mosaico da Anatel (software que controla as emissoras de rádio) como C3, que recentemente migraram do AM para o FM, e C7, que estão em processo de renovação de outorga, terão direito à negociação junto à SECOM.

Para obter esse benefício é preciso que as emissoras sejam associadas à AMIRT e à ABERT. O Diretor-Geral da Abert, Luis Roberto Antonik, informa que em breve esse serviço será oferecido as demais associações estaduais que se interessarem.

%d blogueiros gostam disto: