Pedro Cine Fotos
Amirt

Programa de Iniciação Científica mobiliza alunos do ensino médio no combate ao racismo

Por: Agência Amirt 21/03/2018 15:25

Maria da Conceição Silva, mais conhecida como Dona Nazinha, é benzedeira há mais trinta anos em Justinópolis, região metropolitana de Belo Horizonte. O ofício de Dona Nazinha e outras benzedeiras é tema de uma pesquisa dos alunos da Escola Estadual José Luiz de Carvalho, na região metropolitana da capital. A iniciativa faz parte do projeto Iniciação Científica no Ensino Médio em Minas Gerais, da Secretaria de Estado de Educação. Em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa de Minas Gerais, Instituto Unibanco e Ação Educativa, o projeto envolve cerca de 3 mil e 500 estudantes da rede pública.

Os professores que participam do Projeto de Iniciação Científica também serão beneficiados. Além do título de pesquisador, eles terão tutoria de docentes de universidades. Eles também receberão uma extensão da carga horária, já que o projeto é desenvolvido antes ou depois das aulas.

Anexos para downloads:

%d blogueiros gostam disto: