Quebra de paradigmas, bicampeonato e festa no Independência: América é bicampeão da Série B

Com a narração de Isabelly Morais, da rádio Inconfidência de Belo Horizonte, o América levantou a taça de Campeão Brasileiro da Série B. Isabelly tem 20 anos e cursa Jornalismo na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Isabelly conta da importância em abrir portas para mais mulheres dentro do futebol ” É ser exemplo para elas, quando uma mulher faz algo, ela mostra para outras que tudo é possível sim”.

isabelly-taca
A jovem narradora é pé quente e postou foto com a taça da Série B/arquivo pessoal

A ótima campanha do Coelho no Campeonato resultou  no segundo titulo 20 anos depois. Durante toda a Série B, o América disputou o título com o Internacional. O jogo que consagrou o bi do Coelho teve os ingressos esgotados, Independência em festa e estádio lotado. 22.481 americanos cantaram alto.

Torcida não parou de cantar um minuto no Horto/ Gabriel Rezende -Agência AMIRT
Torcida não parou de cantar um minuto no Horto/ Gabriel Rezende -Agência AMIRT

O América começou meio morno no jogo, não conseguia criar chances claras de gol. O CRB percebeu que poderia tentar atacar o Coelho, mas também não resultava em chances claras. Mais calmo, o time mineiro começou a tocar bem a bola e atacava o Galo alagoano. Em trama de ataque, Ruy recebeu na entrada da área e mandou no travessão, para delírio da torcida.

No segundo tempo Enderson Moreira apostou em Renan Oliveira. A postura do América foi de raça, de busca ao gol do título. O CRB assustou os americanos em seguida, quando quase inaugurou o placar. Messias salvou tirou perto da linha. Mas aos vinte veio o grito de gol da torcida, o grito do título. Em escanteio, o capitão e xerife da zaga Rafael Lima mandou de coxa para estufar as redes do Indepa.

Com emoção, o xerife marcou o gol do título do América/(Foto: Cristiane Mattos / América)
Com emoção, o xerife marcou o gol do título do América/(Foto: Cristiane Mattos / América)

Pelo destino, ou pelo acaso, o América havia levantado a taça da Série B em 1997 pela primeira vez. Isabelly Morais nasceu no mesmo ano, e 20 anos depois narrou o Bicampeonato do América. “O América marcou o começo da minha narração, então narrar bicampeonato do time depois 20 anos foi marcante para mim”, disse Isabelly. A partida seguiu com o placar mínimo para o Coelho se tornar Campeão Brasileiro da Série B de dois mil e dezessete

Pula de alegria, Renan Oliveira!/ Gabriel Rezende -Agencia AMIRT
Pula de alegria, Renan Oliveira!/ Gabriel Rezende -Agencia AMIRT

Confira mais fotos do jogo entre América e CRB

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: