Anuncie
Amirt

Uma mulher é morta por dia em Minas Gerais

Por: Agência Amirt 31/08/2017 11:27

O Ministério Público de Minas Gerais investiga cerca de 1.000 mortes por feminicídio, que é o assassinato de mulheres, desde Março de 2015 a Julho de 2017. O número equivale a uma mulher morta por dia em Minas.

O número coloca o estado entre os primeiros do ranking nacional. Os números reúnem tanto as mortes quanto as tentativas de assassinatos contra mulheres pelo simples fato de serem mulheres. Mas esse número pode ser ainda maior já que feminicídio não é reconhecido nos Registros de Evento de Defesa Social. Dessa forma, a Secretaria de Estado de Segurança Pública não tem estatísticas que diferenciem os tipos de crime contra a mulher.

Na maioria dos casos, as vítimas sofrem diversas agressões antes de morrer. Frequentemente os crimes acontecem dentro de casa, vindo do próprio parceiro.  Só no Brasil, uma mulher é morta a cada 30 minutos. Isso coloca o país em 7º lugar no ranking dos países que mais matam mulheres no mundo.

A pena prevista para o crime é de no mínimo 12 anos. Ela pode aumentar caso aconteça durante a gestação da mulher, ou nos três meses depois do parto. A mesma pena é prevista contra menores de 14 anos, idosos ou pessoas com deficiência ou na frente de familiares da vítima.

Relembre alguns casos:

Créditos: Editoria de Arte/Hoje em Dia. Reprodução: Hoje em Dia

Créditos: Editoria de Arte/Hoje em Dia. Reprodução: Hoje em Dia

 

Anexos para downloads:

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: