28 Congresso
Vale do Aço

Dia dos Pais deve movimentar o comércio neste fim de semana

Por: Diário do Aço 10/08/2018 7:32
Divulgação

Polos comerciais de Ipatinga devem ficar mais movimentados nos próximos dias com vendas do Dia dos Paisd

Neste domingo (12) será celebrado o Dia dos Pais. A data é marcada pela troca de presentes e almoços fartos com os familiares. Por isso, os polos comerciais de Ipatinga devem ficar ainda mais movimentados neste fim de semana. Para atender a demanda dos consumidores, os estabelecimentos comerciais funcionarão em horário especial.

Nesta sexta-feira (9), as lojas abrem às 9h e só vão fechar as portas às 20h. Já no sábado (10), o horário do expediente será das 9h às 17h. Para o presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi), Cláudio Zambaldi, o horário estendido deve contemplar mais pessoas que desejam comprar na cidade.

“Pessoas que costumam trabalhar em horário comercial terão a possibilidade de sair do serviço e realizar as suas compras. As lojas e demais estabelecimentos de Ipatinga estão preparados para receber o cliente até mais tarde e atender todas as necessidades. Não vai ter desculpa para não presentear os pais”, destaca Cláudio.

De acordo com o levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a expectativa é que a data gire uma quantia aproximada de R$ 13,9 bilhões nos setores de comércio e serviços. A média de gastos com o presente é de R$ 149,70. A pesquisa ainda aponta que os itens mais procurados para agradar os pais devem ser as roupas (50%). Em seguida, aparecem os perfumes e cosméticos (32%), calçados (28%) e acessórios (27%), como cintos, carteiras, relógios e meias.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga, José Carlos de Alvarenga, afirma que a tendência de consumo durante as datas comemorativas tem apresentado crescimento. “Mesmo com os efeitos da vagarosa recuperação econômica, estas celebrações têm um forte apelo emocional. Segundo a análise do SPC e CNDL, 61% dos consumidores pretendem comprar. Ano passado, esse índice foi de 55%. Os resultados estão melhorando e indicam meses mais prósperos para o varejo”, avalia José Carlos.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br