Fabriciano distribui calcário para incrementar agricultura familiar

A primeira remessa foi de 40 toneladas, mas o projeto conta com 100 toneladas de calcário

A Secretaria de Governança de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura de Coronel Fabriciano recebeu a primeira remessa de calcário prometida aos agricultores para investimento na agricultura familiar. O calcário foi adquirido por meio de um projeto em parceira entre a administração municipal, Cenibra, Emater e a Associação de Moradores de Cocais.

A Cenibra disponibilizou o recurso financeiro; a Associação de Moradores de Cocais intermediou a aquisição do produto; a prefeitura recepcionou, armazenou e promoverá o transporte do produto até a zona rural. A Emater é responsável pelo cadastramento, junto à prefeitura, e prestará toda a assistência técnica aos produtores na utilização do produto.
A primeira remessa foi de 40 toneladas, mas o projeto conta com 100 toneladas de calcário. À medida que os sacos de calcário forem distribuídos, o estoque será renovado.

Para a retirada do calcário, que está na Secretaria de Governança de Obras e Serviços Urbanos, é necessário que o agricultor ou instituição esteja cadastrado e pegue uma autorização. O cadastro é feito na Secretaria de Governança de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura (Rua José Anastácio Franco, n°78, Centro) e a autorização adquirida no mesmo local.

“A acidez do solo impede que a plantação se desenvolva de forma adequada, então o calcário vem para corrigir essa acidez”, explica o extensionista da Emater, Manoel Simões de Barros. Existem outras formas de corrigir essa acidez do solo, mas o calcário foi escolhido por ser um produto orgânico, que atende melhor a agricultura orgânica e agroecologia.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: