Anuncie
Vale do Aço

Moradores de áreas de risco são chamados para reunião

Por: Diário do Aço 21/11/2017 18:32
Arquivo Diário do Aço

Foram chamados moradores das áreas de risco dos bairros Canaã e Caravelas, além das imediações

A Defesa Civil de Ipatinga realiza esta semana mais uma reunião com moradores das áreas de risco, tendo em vista o momento chuvoso. A reunião está agendada para quinta-feira (23), às 19h, na Escola Municipal Artur Bernardes. Desta vez, foram chamados moradores das áreas de risco dos bairros Canaã e Caravelas, além das imediações. A primeira plenária realizada pela Secretaria foi com os moradores do bairro Bom Jardim, e ocorreu dia 16.

Durante as reuniões, os técnicos da pasta orientam os moradores sobre os cuidados e procedimentos a serem tomados durante o período chuvoso. Além das orientações verbais, os moradores também recebem panfletos informativos sobre o assunto.

A Secretaria Municipal de Segurança e Convivência Cidadã vem sendo alimentada com informações meteorológicas do Climatempo, em parceria com o seu diretor Regional, Ruibran Reis.

As áreas de risco do município já foram catalogadas pela Sescon e estão localizadas nas partes altas dos bairros Canaã, Bethânia, Caravelas, Vila Militar, Vila Celeste, Iguaçu, Esperança, além da Vila da Paz, no bairro Cidade Nobre. A Prefeitura de Ipatinga tem feito um acompanhamento constante destes locais.

A Sescon está de plantão 24 horas para emergências e atende no telefone 3829-8475. Em caso de perigo, deve-se acionar a Defesa Civil do município pelo número 199, Corpo de Bombeiros Militar (193) ou Polícia Militar (190).

Prevenção

Não jogar lixo nas encostas ou bueiros, evitar fazer cortes irregulares de barrancos, sair imediatamente e se abrigar em local seguro se for observada a presença de rachaduras nos barracos ou paredes das casas estão entre as principais orientações que vêm sendo passadas nos encontros, que vão prosseguir em outras áreas da cidade.

Segundo o titular da Sescon, Amador Francisco da Silva Neto, alguns equipamentos municipais estão sendo preparados para situações eventuais de intempéries. Contudo, a ação é apenas preventiva. “É o caso do ginásio poliesportivo Fernando Perpétuo Luciano, o “Fefezão”, e também do ginásio coberto Ely Amâncio, do Centro Cultural e Esportivo 7 de Outubro. Mas já adiantamos que não há famílias residindo nos locais de risco mapeados”, enfatiza o secretário.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br