28 Congresso
Vale do Aço

Município oferece análise de solo gratuita a agricultores

Por: Diário do Aço 28/03/2018 16:32
Reprodução

A coleta é programada e feita conforme orientação técnica

A Secretaria de Governança do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura de Coronel Fabriciano firmou convênio com a Associação de Moradores de Santa Vitória dos Cocais dos Arrudas (Amosvica) e a Cenibra para oferecer, gratuitamente, 100 análises de solo para agricultores das áreas urbana e rural do município.

A análise permite ao agricultor saber mais sobre o solo usado para o plantio e como tornar a terra mais fértil. “O solo do município, de uma maneira geral, é muito ácido. É recomendável que a análise seja feita a cada dois anos. A coleta é programada e feita conforme orientação técnica. A partir do resultado, indicamos o tratamento correto para melhorar os resultados e ampliar a safra”, explica Zootecnista e técnico da Emater em Fabriciano, Manoel Simões.

Esta é a primeira vez que o serviço é oferecido gratuitamente na cidade. A coleta do material pode ser agendada junto à Secretaria de Governança do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura ou Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) de Fabriciano. Para ter acesso ao serviço é necessário cadastro no município, apresentar documentação do terreno e pessoais, e informar a cultura a ser plantada. A análise é feita pelo laboratório do Sindicato Rural de Manhuaçu. O resultado sai, em média, dentro de 15 dias.

Desde o fim de 2017, a prefeitura também fornece, gratuitamente, o corretivo para o solo. A falta de cálcio causa severas restrições ao crescimento da planta, prejudicando a absorção de nutrientes e diminuindo a produção. O calcário é destinado para propriedade com até um hectare (10 mil metros quadrados) e diversos tipos de culturas (hortaliças, frutas e legumes), excetuando eucalipto e pastagem. De dezembro passado a março deste de 2018, já foram entregues quase 40 toneladas de calcário, beneficiando 38 agricultores do município, dos 62 até agora cadastrados



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br