Anuncie
Vale do Aço

Oncologia do HMC institui Centro de Pesquisas Clínicas

Por: Diário do Aço 30/11/2017 17:32
Divulgação

A ativação do centro de pesquisa viabiliza novos tratamentos para os pacientes atendidos na região do Vale do Aço

A Unidade de Oncologia do Hospital Márcio Cunha (HMC) recebeu uma visita de iniciação do estudo clínico patrocinado pela Bristol Myers Squibb (BMS), empresa farmacêutica global. Esta visita tem por finalidade ativar o centro de pesquisa da unidade de Oncologia, tornando-a apta a realizar estudos de pesquisas clínicas em seres humanos, em conformidade com as normas do Comitê de Ética. A ativação do centro de pesquisa viabiliza novos tratamentos para os pacientes atendidos na região do Vale do Aço, dando-lhes acesso a novos procedimentos e medicamentos com potenciais benéficos à saúde. A informação é da Assessoria de Comunicação da Fundação São Francisco Xavier, mantenedora do hospital.

O objetivo é tornar a Oncologia a primeira unidade do HMC a participar de pesquisas clínicas, envolvendo-a em redes internacionais de pesquisa, conforme explana o coordenador médico, Luciano de Souza Viana. “Nosso objetivo é nos tornar um centro de pesquisa. É um salto qualitativo para o HMC, pois hoje a instituição dedica-se a prestar uma assistência de qualidade, no entanto, com a pesquisa clínica, passaremos a gerar ciência. Assim, são beneficiados os pacientes, a saúde pública, pesquisadores e profissionais da saúde”, comenta o médico.

A gerente da unidade de Oncologia, Ledvania Chaves Ribeiro, explica que vem se preparando há anos para receber pesquisas desse tipo. “Foram mais de 26 milhões de reais em investimentos nos últimos cinco anos, revestidos em novos processos, recursos humanos e infraestrutura”, pontua.

“Nesta visita de iniciação, recebemos os coordenadores do estudo no Brasil, que fizeram uma última avaliação de estrutura e processos, além de capacitação da equipe médica e multidisciplinar. Após esta etapa, estamos aptos a iniciar o recrutamento de pacientes”, reforça Ledvania.

Programa

Inicialmente, a unidade vai recrutar voluntários para pesquisas em Carcinoma de Células Escamosas de Cabeça e Pescoço Recidivante ou Metastático, Randomizado, Duplo-cego, de fase 2, com público alvo de Indivíduos com Câncer de cabeça e pescoço para tratamento de primeira linha, visando avaliar a efetividade do tratamento com novos medicamentos.

No Brasil, há um total de treze centros de tratamento, incluindo o HMC, recrutando pacientes para este estudo. “A inclusão do Hospital Márcio Cunha nesse estudo posiciona a instituição no patamar internacional de pesquisa. Nosso objetivo é, além de trazer atendimento de qualidade e acesso ao melhor tratamento para a população regional, contribuir para o avanço científico da comunidade mundial”, explica Mauro Oscar Soares de Souza Lima, superintendente do hospital. Hoje, cerca de 95% dos atendimentos da unidade de Oncologia são realizados por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br