Anuncie
Vale do Aço

Possível cercamento do Parque Ipanema será avaliado junto à população

Por: Diário do Aço 09/11/2017 18:32
Wôlmer Ezequiel

A ideia de cercar o Parque Ipanema surgiu devido ao aumento de crimes no local

Diretores do Conselho Comunitário de Segurança Pública Integrado (Consep – Integrado) estudam junto com o poder Executivo de Ipatinga a alternativa de cercar o Parque Ipanema para diminuir a criminalidade no local. Esse pedido já foi feito pelos conselheiros de forma oficial ao prefeito Sebastião Quintão e o próximo passo será discutir essa ideia com a população. A inciativa dos conselheiros leva em consideração as constantes reclamações da população alvo de assaltantes no interior do parque. O assunto é apenas uma reivindicação de um órgão comunitário junto ao governo, mas já levanta polêmica.

Em entrevista ao Diário do Aço, o vice-presidente do Consep, Edson de Oliveira, informou que essa ideia dos conselheiros é discutida há quatro anos com as polícias, Militar e Civil, e visa a diminuição da criminalidade na principal área de lazer, esportes e atividades físicas de Ipatinga.

“Foi feito um levantando e pôde-se perceber que houve um aumento de crimes no parque, com isso as pessoas que o frequentam estão em risco, por esse motivo que optamos abrir a discussão sobre esse assunto para amenizar esses índices de violência”, explica o conselheiro.

Edson de Oliveira cita que um dos fatores que contribuem para a ocorrência de furtos e roubos no parque é devido à facilidade de fuga que os criminosos possuem lá dentro. “As pessoas precisam circular com mais segurança. Então, uma das alternativas que encontramos para isso é o cercamento, além do monitoramento eletrônico e guardas municipais. Também temos casos de vandalismo no parque, em que enfeites de natal, postes, lâmpadas e outras estruturas são danificas, e ninguém sabe quem foi”, afirma.

O conselheiro destaca que a implantação de mecanismos de segurança no Parque Ipanema também contribuirá com o trabalho da Polícia Militar em todo o município. “Essa criminalidade no parque, acaba que ocupa um tempo bom dos policiais, que poderiam estar trabalhando em outros pontos mais urgentes da cidade. Então não queremos privatizar nada, não é esse nosso objetivo. Só queremos mais segurança no parque”, salienta.

Edson de Oliveira acrescenta que o primeiro passo já foi dado, com a apresentação das reivindicações ao governo municipal. Agora o debate deverá ser ampliado para a comunidade.

Boataria
O líder do governo na Câmara, vereador Jadson Heleno, também se pronunciou sobre esse assunto, que tem gerado polêmica. “Após essa reunião do Consep, o prefeito se sensibilizou e vai analisar esse pedido por meio de um projeto arquitetônico, que ainda deverá ser feito, mas de qualquer forma, o prefeito também quer ouvir a população”, informa.

De acordo com o líder do governo, é equivocada a informação segundo a qual o parque cercado possibilitaria a cobrança da entrada de visitantes, o que não passa de uma boataria. “Espalhou-se uma falsa notícia que iriam cercar o parque para cobrar das pessoas. Isso não existe, porque na verdade o que se discute é apena mais segurança para todos”, ressaltou.

Discussão
A Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Ipatinga confirmou ao Diário do Aço que a proposta de cercamento do Parque Ipanema foi apresentada em uma reunião pelos representantes dos conselhos comunitários de segurança pública e “não partiu do governo municipal”, que prometeu avaliar a reivindicação. Conforme a assessoria, o prefeito Sebastião Quintão deixou claro, na reunião que este tipo de projeto demanda uma ampla discussão com a população nas regionais da cidade e não poderia ser implantado sem antes ouvir a comunidade.

A exemplo do que existe em várias cidades que possuem parques municipais, no projeto original, do paisagista Roberto Burle Marx está previsto o cercamento do Parque Ipanema, que começou a ser feito e nunca foi concluído.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br