28 Congresso
Vale do Aço

Secretaria alerta sobre casos de conjuntivite

Por: Diário do Aço 27/03/2018 18:32
Reprodução

Os principais sintomas são olhos avermelhados, lacrimejamento, pálpebras inchadas e avermelhadas

A Secretaria de Governança da Saúde de Coronel Fabriciano fez um alerta sobre o aumento das notificações de casos de conjuntivite. A inflamação pode ser causada por reações alérgicas a poluentes ou substâncias como fumaça, cloro de piscinas, produtos de limpeza ou de maquiagem, entre outros. Normalmente, a mais comum é a conjuntivite primaveril, que geralmente é causada por pólen espalhado no ar. Ela também pode ser causada por vírus e bactérias.

A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, principalmente, por objetos contaminados como toalhas e travesseiros, quando não são lavados e cuidados devidamente. A conjuntivite se espalha muito rápido em locais fechados como escolas, creches, escritórios, etc. A infecção confere imunidade tipo-específica. Não existem vacinas contra essa infecção.

Os principais sintomas são olhos avermelhados, lacrimejamento, pálpebras inchadas e avermelhadas, secreção esbranquiçada em pouca quantidade e sensação de areia nos olhos. A conjuntivite dura em media 15 dias. Os agentes etiológicos virais mais comuns são os adenovírus e os enterovírus.



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br