Anuncie
Vale do Aço

Unileste recebe coordenador mundial das Instituições Universitárias Salesianas

Por: Diário do Aço 12/04/2018 17:32

O Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Unileste) recebeu esta semana a visita do equatoriano, padre Marcelo Farfán, coordenador geral da Rede das Instituições Universitárias Salesianas (IUS). Além de conhecer as dependências da instituição, o coordenador teve a oportunidade de se reunir com alunos e colaboradores para falar sobre os desafios e objetivos da presença salesiana na educação superior.

Alguns pontos destacados durante a visita foram: as políticas e missão das instituições salesianas, o diálogo sobre o sistema preventivo de Dom Bosco, a prestação de serviços do Unileste com a comunidade da região por meio da pesquisa, iniciação científica e extensão e a organização pastoral presente. “É evidente a presença histórica e significativa do Unileste na região, fica clara a opção da instituição por ter um vínculo social intenso com a comunidade. Essa pertinência social caminha de mãos dadas com a qualidade acadêmica, isso é reflexo de uma identidade e projeto institucional muito bem definidos e coerente com os princípios e valores que inspiram a organização”, afirmou padre Marcelo.

O coordenador diz que a sua passagem no Vale do Aço será importante para levar o trabalho que tem sido desenvolvido pelo Centro Universitário a toda a rede de instituições salesianas de educação superior presentes no mundo. “Toda essa experiência mostra que com uma boa gestão, participativa, eficiente e preocupada com a comunidade pode dar muitos resultados positivos. Vim precisamente para conhecer as atividades, para valorar e fortalecer-nos também como rede de instituições salesianas de educação superior”, enfatizou.
O Unileste, como instituição de ensino confessional, integra a Rede Salesiana – maior organização missionária da Igreja Católica, presente em mais de 130 países e em cinco continentes.

Para o reitor Genésio Zeferino, a presença do coordenador é uma oportunidade para a troca de experiências entre as instituições e de fortalecer laços. “É a possibilidade de fomentar o trabalho em rede beneficiando alunos e professores por meio da internacionalização do ensino. Dessa forma, propiciamos a experiência e troca de conhecimento por meio do intercâmbio internacional, promovendo vivências significativas para a formação profissional e cidadã dos nossos alunos e professores”, afirma.

Divulgação

No encontro, padre Marcelo Farfán falou sobre a presença salesiana na educação superior



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br