Anuncie
Juiz de Fora e Região

Como passar pelo movimento intenso de fim ano na rodoviária de Juiz de Fora

Por: Diário Regional 28/12/2017 6:37

O terminal rodoviário Miguel Mansur deve receber cerca de 90 mil pessoas durante as festividades de fim de ano. O movimento, que já foi intenso nos dias que antecederam o Natal, deve aumentar a partir desta quinta-feira, 28. Em razão da quantidade de pessoas que irão aproveitar os dias de folga para viajar, planejar a hora de saída para garantir o embarque no horário se torna essencial para evitar os transtornos.

Uma alternativa para fugir das confusões de fim de ano na rodoviária é comprar as passagens de forma antecipada. Esse é o caso de Gracely de Oliveira, que saíra de Juiz de Fora com destino a Petrópolis nesta sexta-feira. Desde a semana passada, a executiva de contas está com as passagens de ida e volta nas mãos. “Normalmente, compro as passagens sempre antecipadamente, para não ter nenhuma surpresa. Dessa vez, comprei uma semana antes, mas costumo comprar com 15 dias de antecedência”, diz.

Na viagem, que dura cerca de 2 horas quando não há engarrafamentos ou outro tipo de problema na estrada, Gracely leva apenas o necessário. “Somente o que irei usar quando chegar lá, além de um travesseiro que me proporcionará conforto extra no ônibus”, conta.

A postura adotada por Gracely é a recomendada pelo gerente do terminal, Arthur Rodrigues. “O passageiro deve levar o mínimo possível e deve identificar a bagagem com algum item pessoal de fácil reconhecimento”, lembra.

 

CHEGUE ANTES

Além de comprar as passagens bem antes, outra dica é chegar com antecedência à rodoviária no dia da viagem. De acordo Rodrigues, essa prática também evita que o passageiro fique “preso” no trânsito perto do horário de embarque e perca o ônibus. “Apesar de ser período de férias, em que o movimento de carros nas vias é reduzido, pode ocorrer alguns engarrafamentos. O ideal é chegar com uma hora de antecedência, já com as passagens em mãos, que podem ser adquiridas através da internet, em agências externas ou no próprio terminal”, ressalta.

 

NÃO SE ESQUEÇA DOS DOCUMENTOS

Outro cuidado é checar os documentos básicos. “Os documentos são importantíssimos, devem ser originais e com fotos. Menores de 12 anos, que irão viajar com pais ou responsável, devem apresentar a certidão de nascimento”, reforça o gerente.

 

ANIMAIS

Os animais que forem acompanhar seus donos devem estar vacinados e possuir um atestado de saúde fornecido por um veterinário, que comprove aptidão para a viagem. “Além disso, eles devem ser transportados em uma caixa apropriada, já que não se pode levar o animal nas mãos”, acrescenta Rodrigues.

 

MOVIMENTO INTENSO

Embora o movimento esteja intenso, Rodrigues orienta que as pessoas dêem preferência ao embarque no terminal. “Em Juiz de Fora, existem pontos autorizados para o embarque fora da rodoviária. Entretanto, uma série de regras e restrições devem ser obedecidas. Um exemplo é a proibição da abertura do bagageiro fora do terminal. Também é proibido o embarque no ônibus com malas com volume superior a cinco quilos. Optar pelo terminal evita outros problemas. Quem está esperando na rua pode ser surpreendido com uma tempestade e não ter onde se abrigar. Pode entrar no ônibus e se deparar com o lugar adquirido ocupado. São situações que facilmente seriam resolvidas na rodoviária, onde o passageiro recebe suporte de um agente da empresa e dos órgãos fiscalizadores”, afirma.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: