Pedro Cine Fotos
Juiz de Fora e Região

Greve Geral: Sindicalistas realizam ‘barricada’ em frente à metalúrgica

Por: Diário Regional 30/06/2017 7:37

Metalúrgicos realizam uma barricada em frente à uma indústria metalúrgica na BR 267, no bairro Igrejinha, em Juiz de Fora, na manhã desta sexta-feira, 30. Eles protestam contra o governo do presidente Michel Temer, e contra as Reformas da Previdência e Trabalhistas propostas.

Mais uma vez, trabalhadores, estudantes e sindicalistas se reúnem em Juiz de Fora nesta sexta-feira, 30, integrando protestos que acontecerão em diversas partes do país contra o projeto de lei da terceirização e as reformas trabalhista e da Previdência Social. A mobilização também levanta a bandeira a favor de eleições diretas. O ato acontecerá na Praça da Estação, a partir das 9h.

No dia de greve geral, o transporte público funcionará normalmente. O Sindicato dos Professores (Sinpro) informou que a paralisação das atividades nas redes municipal e particular está confirmada. Porém, não há confirmação de um índice percentual de paralisação da categoria. O Sindicato disse ainda que foram promovidas duas assembleias com ambas as redes, acordando a interrupção das atividades. Já o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep/MG) disse que orientou as instituições a manterem as atividades, em conformidade ao compromisso com a educação.

Já o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE/MG) confirmou por meio de nota que não haverá aula na rede estadual de ensino. Os sindicatos dos Bancários (Sintraf-JF) e dos Metalúrgicos de Juiz de Fora (STIM/JF) disseram que toda a categoria foi convocada a aderir à greve, paralisando as atividades. Entretanto, não há confirmação do percentual de adesão de ambas as categorias.

CONFIRA COMO FICAM OS SERVIÇOS NA PRÓXIMA SEXTA:
– Ônibus não param

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário (Sinttro), o serviço de transporte público funcionará normalmente.

– Professores federais e servidores técnico-administrativos em educação

Docentes e técnicos do IF Sudeste e da UFJF paralisam atividades, conforme confirmado pelo Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino no Município de Juiz de Fora (Sintufejuf) e pela Associação de Docentes do Ensino Superior de Juiz de Fora (Apes/JF).

– Escolas municipais

A paralisação das atividades nas redes municipal e particular, segundo o Sindicato dos Professores (Sinpro/JF), está confirmada. Porém, não há confirmação de um índice percentual de paralisação da categoria.

– Escolas particulares

Em nota, o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep/MG) disse que respeita o direito dos trabalhadores de se manifestarem, mas orienta que as escolas mantenham as atividades, ressaltando o compromisso com a educação e aqueles que não querem se manifestar.

– Escolas estaduais

Não haverá aula na rede estadual de ensino, segundo confirmação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SindUTE/MG).

– Bancos

Toda a categoria foi convocada a aderir à greve, paralisando as atividades. A maior adesão deve acontecer por parte de funcionários de bancos públicos, segundo o Sindicato dos Bancários.

– Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora (STIM/JF)

Toda a categoria foi convocada a aderir à greve, paralisando as atividades. O sindicato informou não ter como assegurar o percentual de adesão dos trabalhadores da categoria.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

%d blogueiros gostam disto: