Encontro
Juiz de Fora e Região

Instituto Bruno e Associação dos Surdos oferecem curso de libras e braille

Por: Diário Regional 28/02/2018 21:37

O Instituto Bruno em parceria com a Associação dos Surdos de Juiz de Fora oferece curso de Língua Brasileira de Sinais (Libras), com início este mês, e braille, em agosto, para profissionais de diversas áreas e pessoas com o interesse em aprendê-los. Além disso, familiares e pessoas surdas formarão uma turma separada para o ensino de Libras.

“A Libras está abrindo um mercado para intérpretes, pois estamos com falta desses profissionais, que é necessário em diversos setores da sociedade para o atendimento de pessoas surdas”, ressaltou a supervisora do Instituto Bruno e uma das coordenadoras do curso, Maria de Lourdes Pires Vargas. “O curso é para iniciantes, já que é de nível 1, e começa no dia 12 de março e termina em novembro. A pessoas tem que está disposta para aprender essa nova língua, pois demora em torno de 4 anos”, acrescentou.

As aulas serão ministradas duas vezes por semana e o participante poderá decidir qual dia é melhor para ele. “Segunda e quinta-feira, o curso é aberto à comunidade e ocorrerá de 18h30 as 21h30. No sábado, 8h30 às 10h30, teremos uma turma destinada às famílias e surdos. Esta aula será diferenciada com palestras e informações que possam instruir a família e ajudá-la no dia a dia com os surdos”, explicou José Nicomedes, presidente da Associação dos Surdos e também coordenador dos cursos.

Além disso, as instituições pretendem oferecer um curso de “Orientação e mobilidade” para aquelas pessoas que pretendem trabalhar com deficientes visuais ainda neste primeiro semestre. “Esse será um curso mais curto, de 20 horas, e deve ocorrer em abril”, disse Maria de Lourdes.

 

CURSO DE BRAILLE

O curso é de braille é de iniciação ao ensino do sistema de escrita para futuros profissionais. “Além do braille, também será ministrada aulas de soroban [ensino de matemática para deficientes visuais] e metodologia voltada para maneira de ensinar para estes alunos”, afirmou a coordenadora. “Em 2019, pretendemos dar um curso que irá durar o ano todo e que irá aprofundar o ensino do braille e do soroban”, completou.

Para Maria de Lourdes, os cursos são importantes para mostrar a sociedade as necessidades e conquistas dos deficientes visuais e auditivos. “Prova da falta de conhecimento foi desastre de algumas redações da prova do Enem [Exame Nacional do Ensino Médio] no ano passado. Eles existem e fazem parte da sociedade e precisam que suas necessidades e vitórias sejam ouvidas”, destacou. Em 2017, o tema da redação do exame foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”.

“Queremos, através dos cursos, divulgar a necessidade das famílias e profissionais e oferecer acessibilidade a todos. É uma grande oportunidade está parceria [entre as duas instituições] e esperamos que as pessoas nos procurem em busca de informações”, salientou José Nicomedes. “É bom lembrar que é dentro das entidades que toda cultura, dificuldades e necessidade dos deficientes são esclarecidas”, acrescentou.

 

INSCRIÇÕES

São 20 vagas para o curso de braille, que será ministrado duas vezes na semana, e 40 para libras, 20 na turma de segunda-feira e os demais na quinta. Os interessados devem acessar o facebook ou site do Instituto Bruno (www.institutobruno.org.br) para realizar a matrícula. A mensalidade do curso de Libras é de R$70 e a do braille, R$180, e os materiais necessários para o curso de braille, serão comprados a parte. As aulas serão ministradas na Associação dos Surdos, situada na Avenida Rio Branco, nº 1.303, no Centro, em frente ao Sport Club.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: