Encontro
Juiz de Fora e Região

Mais de 4.000 furtos foram registrados pela Seds em Juiz de Fora

Por: Diário Regional 24/08/2017 6:37

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Seds) divulgou na manhã dessa quarta-feira, 23, um balanço relacionado ao número de furtos ocorridos em Juiz de Fora, entre os meses de janeiro a junho de 2017. Conforme os dados da instituição, 4.177 furtos foram registrados no período. Segundo o assessor de comunicação da 4ª Região da Polícia Militar (PM), major Marcellus Machado, as estatísticas mostram que os objetos de maior interesse dos criminosos são os aparelhos celulares, as bolsas e quantias em dinheiro.

Ele também reforça que o número de furtos está diminuindo, bem como a quantidade de crimes violentos na cidade, e isso ocorre em função das ações promovidas pela PM. “A polícia vem abordando as pessoas suspeitas nos locais onde as estáticas demonstram maior acometimento dos crimes. Estamos com operações voltadas para identificar pessoas contumazes, com o cumprimento de mandados de busca e apreensão para prender esses indivíduos e com um trabalho de conscientização em conjunto da comunidade”, explica Machado.

Ainda de acordo com o assessor da PM, o furto é o crime de maior dificuldade para promover um trabalho de prevenção, uma vez que ele ocorre de forma sigilosa, quando objetos que são deixados de forma desatenta em determinados locais são alvos dos infratores. Além disso, não existem horários específicos para que o crime ocorra, basta existir a oportunidade. “Observamos que não existe um horário de maior incidência. Geralmente, ocorre quando as pessoas ficam em locais com grande concentração de pessoas e com pouca vigilância. Por isso, é preciso ficar atento”, ressalta o major, acrescentando que gestos simples, como verificar se uma porta está trancada, se existem pessoas suspeitas nas proximidades e a colocação do celular no bolso da frente, podem fazer a diferença.

Machado também orienta que é importante manter a PM informada. “É interessante que a polícia tenha os dados registrados para que ela possa atuar de forma preventiva, analisar os locais de maior incidência e os criminosos que estão cometendo os crimes”, lembra. Denúncias podem ser realizadas através do número 190.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: