28 Congresso
Amirt

Procon orienta sobre cuidados com as compras na Black Friday

Por: Diário Regional 23/11/2017 6:37

A “Black Friday”, tradicional liquidação que ocorre nesta sexta-feira, 24, em lojas físicas e na rede on-line, pode trazer vantagens para o consumidor, por meio dos preços baixos que são ofertados, mas também pode acarretar prejuízos.

Para evitar que o consumidor passe por aborrecimentos na data, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Juiz de Fora orienta quanto ao que deve ser observado na hora das compras. O superintendente do órgão na cidade, Eduardo Schröder, explica que o comprador deve ter a ciência de que a data é apenas um dia em que as lojas se utilizam da política de descontos. “Varia de produto para produto. No caso de eletroportáteis e eletrônicos, o desconto costuma ser de 10% a 15%. Linha branca, que são os eletrodomésticos de maior porte, como geladeira, fogão, micro-ondas e freezer, em torno de 20%, e roupas pode chegar até 50%. É uma oportunidade de as pessoas comprarem itens por preço mais baixo”, afirma.

Ele alerta que o consumidor pesquise antes de efetuar qualquer compra, não só na internet, mas nas lojas físicas também, pois é importante ter noção do que se pretende adquirir e assim não ser pego com descontos que nem sempre são reais. “Infelizmente, algumas empresas aumentam o valor do produto para posteriormente oferecer o desconto, fazendo com que a mercadoria fique praticamente no mesmo preço anterior. E o que Procon tem feito é fiscalizar essa prática abusiva, evitando que o consumidor seja lesado”, reforça.

Ainda segundo Schröder, outro cuidado que o consumidor deve adotar é na escolha do local das compras. “Dê preferência aos sites mais confiáveis. Por isso, pesquise todo o histórico da loja, as reclamações e elogios, antes de realizar a compra”, ressalta.

Ele acrescenta que antes de comprar é importante se programar. “O consumidor deve lembrar que o Natal é daqui um mês e não é época de se endividar. Ele deve ter prudência, pois no início do ano ele terá outras contas para pagar, como matrícula escolar, plano de saúde, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto sobre a propriedade de veículos automotores (IPVA), e outras”, lembra.

 

COMÉRCIO ESTÁ OTIMISTA

De acordo com o presidente do Sindicato do Comércio de Juiz de Fora(Sindicomércio-JF), Emerson Beloti, apesar de não ter um percentual, devido ao fato de as pesquisas mostrarem que o empresário não está preocupado com o quanto as vendas irão aumentar, a expectativa para a data é das melhores. “Ano passado foi muito bom, o que tende a se repetir neste ano. Muitos empresários aproveitam e realizam promoção antecipada do Natal, o que facilita para que o consumidor adquira o produto. Percebemos que a cada ano o número de empresas que aderem à prática é maior”, afirma.

A comerciante Letícia Oliveira da Silva, uma das responsáveis pelo Shopping dos Clubes, espera aumento de 20% no faturamento com relação a 2016. “Para alcançar esse nível, apostamos nas promoções. Na compra de um produto, o segundo sai pela metade do preço. Comprando dois, o terceiro sai de graça. Além do mais, qualquer camisa retrô de seleção ou clubes do exterior que custavam R$139, agora estão sendo vendidas por R$49,90. Cabe ressaltar que os descontos são validos para o item com menor valor, e, desde o início, os consumidores têm achado bem interessante e estão procurando cada vez mais”, garante. A oferta vai até o dia 30 de novembro.

 

DENÚNCIAS

O consumidor que quiser denunciar práticas abusivas pode ir à sede do Procon, na Avenida Presidente Itamar Franco, nº992, ou entrar em contato pelo telefone (32) 3690-7611.

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: