28 Congresso
Juiz de Fora e Região

Propostas discutidas em evento deverão aprimorar estratégias de comunicação na UFJF

Por: Diário Regional 06/04/2018 0:37

Dez assuntos de interesse da comunidade interna da UFJF e da população foram discutidos no 1º Fórum de Comunicação, entre os dias 2 e 4 de abril. Estudantes, profissionais e servidores da instituição apresentaram suas dúvidas, críticas e sugestões em relação ao trabalho desenvolvido pela Imagem Institucional.

As propostas serão reunidas internamente pela equipe da Imagem e resultarão no aprimoramento das estratégias e ações de comunicação dentro da Universidade.

Em um dos grupos, a intenção foi apresentar os meios de comunicação internos dos dois campi e do Colégio João XXIII, com destaque para os sites institucionais. O debate girou principalmente em torno dos desafios impostos pela infraestrutura da Universidade e por seus diferentes públicos. Entre eles, a escolha de pautas para o Portal que atendam as diferentes demandas da comunidade.

Outra questão enfrentada pelos assessores e jornalistas das universidades é a dificuldade de implementação de uma política de comunicação integrada. Segundo a jornalista Carolina Nalon, a departamentalização e a autonomia das unidades faz com que a instituição tenha múltiplos fluxos de comunicação.

No grupo, o diretor do Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional (CGCO) Francisco Henrique também pôde falar sobre o atendimento as demandas ligadas a tecnologia da informação e apresentar alguns projetos como o desenvolvimento de um aplicativo.

Para a jornalista do campus avançado de Governador Valadares, Gabriella Ramos, “conversar sobre as práticas e ter contato com outras experiências dá a possibilidade de aprendermos e incorporar as melhorias dos trabalhos que são realizados”.

Redes sociais

Trabalhar o mesmo conteúdo para cada plataforma digital foi um dos assuntos abordados no Grupo de Discussão de Redes Sociais. Os jornalistas Raul Mourão e Clecius Campos apresentaram os projetos desenvolvidos pelo próprio setor, como a coluna UFJF Oportunidades e o #UFJFnasArtes, e também enfatizaram o trabalho conjunto com outros núcleos para a produção e veiculação de materiais institucionais.

Tendo os jovens como público mais numeroso, um dos principais desafios é adaptar a linguagem para se aproximar dos estudantes, sem perder o diálogo com outros segmentos da Universidade. Ana Carolina Fernandes, assessora de Comunicação da Prefeitura de Ubá, estava entre os participantes e disse que, apesar do perfil de seguidores diferente, a página da UFJF é uma inspiração. “É bacana ver a iniciativa, ter novas ideias para se basear. O evento é muito válido”, ela conclui.

Inclusão das minorias

O grupo de discussão de propostas de Inclusão relatou os desafios de fazer um planejamento de comunicação voltado para minorias históricas, como mulheres, negros, LGBTTI, pessoas com deficiência, entre outros. O debate foi coordenado pelo intérprete de Libras Gabriel Martins e pelos jornalistas Aline Avellar e Ricardo Assis.

Foram abordados a forma como a imprensa recebe as pautas inclusivas, as dificuldades para implementar políticas de acessibilidade em um cenário de cortes de investimento, assim como a necessidade de estabelecer um diálogo com as minorias para democratizar as pautas. Debateu-se, ainda, a melhor forma de lidar com gerenciamento de crises e de responder a reações negativas de parte do público a campanhas inclusivas.

O encontro recebeu estudantes, jornalistas que atuam na assessoria de instituições públicas, professores e membros do Diretório Central dos Estudantes (DCE) e do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino no Município de Juiz de Fora (Sintufejuf). A iniciativa foi bem recebida pela servidora Elaine Damasceno: “Há a necessidade de debater esse tema, ouvir as propostas e implementar melhorias. Todo mundo veio aqui com o mesmo objetivo: buscar um novo olhar, um olhar inclusivo”.

Criação e Produção Audiovisual

O trabalho criativo desenvolvido em projeto gráficos, campanhas e vídeos foram objeto de discussão de outro grupo, comandado pela equipe de Criação e Audiovisual. Foram exibidas peças e vídeos produzidos na UFJF e abordados os métodos de planejamento e de execução na tentativa de identificar problemas que sejam comuns a outras instituições.

A importância da integração foi o ponto central do debate, tanto entre as diferentes equipes de produção, para se ter uma campanha mais coesa, quanto entre as unidades dentro da Universidade. Na ocasião foi analisada a situação do campus Governador Valadares, criado mais recentemente, e os desafios enfrentados para se estabelecer a identidade da UFJF em seus planos de comunicação.

Além dos dez grupos, a programação do Fórum contou, ainda, com palestras de especialistas. Os certificados deverão ser enviados aos participantes por e-mail.


Fonte: Assessoria/UFJF

Postado originalmente por: Diario Regional – Juiz de Fora

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: