Inflação para famílias de baixa renda cai 0,07% em junho, segundo FGV

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1, que calcula a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda mensal de até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,07% em junho deste ano. A taxa ficou abaixo da variação de 0,26% de maio, conforme os dados divulgados nesta sexta-feira pela Fundação Getúlio Vargas.

Apesar da queda de maio para junho, o IPC-C1 ficou acima do Índice de Preços ao Consumidor – Brasil, que mede a inflação para todas as faixas de renda. O IPC-BR teve deflação de 0,02% em junho. Em 12 meses, o IPC-BR acumula inflação de 3,73%.

O economista e coordenador da FGV, André Braz, explicou que o recuo da taxa do IPC Classe 1 de junho reflete a queda no preço dos alimentos e nos preços administrados, como a energia elétrica, que vigorou com bandeira verde, ou seja, sem aumento na tarifa, itens, segundo ele, que mais pesam no orçamento das famílias de baixa renda.

Para julho, no entanto, Braz, avalia que o cenário será diferente.

Braz esclareceu que o indicador ajuda as famílias a acompanhar os preços dos produtos nas prateleiras.

O IPC-C1 acumula alta de 2,72% no ano e de 3,85% nos últimos 12 meses.

*As informações são da Radioagência Nacional. 

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: