Paralisação na mineração afeta negativamente economia de Minas Gerais

Seminário apresenta novas formas de se continuar com atividades mineradoras

_________________________________________________________________________________________________________________

A mineração é um dos setores mais importantes e influentes para a economia de Minas Gerais, mas também está diretamente ligada ao setor de comércios e serviços. Com a paralisação das atividades mineradoras, que são grandes responsáveis pelo desenvolvimento do estado, é evidente que uma queda na economia aconteça.

Previsões e pesquisas apontam que na produção do setor cerca de 104 mil pessoas devem ficar desempregadas, fora que mais de 740 mil pessoas que trabalham em áreas ligadas a economia de minério também perderiam seus empregos.

Diante desse cenário negativo, a Federação das Indústrias de Minas Gerais, participantes do poder público e especialistas em mineração, participaram, em abril de 2019, de um seminário voltado para barragens e mineração.

Nesse seminário foram apresentadas propostas para seguir em frente com a mineração no estado, para que se amenize a possível crise. Entre as medidas a serem adotadas estavam novas técnicas de monitoramento, o uso de mapas com áreas de estimativa de perigo e novas políticas de barragens, visando proteger o meio ambiente e as pessoas.

(com edição de Gabrielle Junqueira)

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: