Salários dos servidores seguirá sendo parcelado e não se tem data de regularização

Ajuste fiscal segue sendo medida tomada para tentar a regularização de pagamentos

Em reunião de prestação de contas na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na manhã desta terça-feira (11), o Secretário da Fazenda, Gustavo Barbosa, afirmou que mesmo com adoção de um regime de recuperação fiscal da União, Minas Gerais ainda não tem um prazo para o fim do parcelamento do salário dos servidores.

O secretário informou que com a adesão ao regime de recuperação fiscal, a meta é que os salários passem a ser regularizados e pagos em dia, porém ainda não se tem uma previsão de quando isso acontecerá.

Após ser questionado por parlamentares, Gustavo afirmou que o Estado planeja mudar a contribuição previdenciária, de modo que através dessas medidas, a situação que no momento é caótica, seja estabilizada.

Em sua fala ele ainda explica que a lei complementar que define a recuperação fiscal não proíbe que os servidores sejam ressarcidos pelas diferenças inflacionárias.

Ainda segundo o secretário, o maior problemas paras as finanças do Estado estão no déficit previdenciário, que pode chegar a R$ 18,6 bilhões em 2019.

(com supervisão de Victor Veloso)

Anexos para downloads:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: