Pedro Cine Fotos
Divinópolis e Região

Setor supermercadista mineiro tem queda em maio, mas acumula crescimento de 1,25% no ano

Por: Nova FM 29/06/2017 13:55

Imagem Ilustrativa

As vendas dos supermercados mineiros acumularam crescimento de 1,25% de janeiro a maio deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. É o que aponta o “Termômetro de Vendas”, pesquisa mensal da Associação Mineira de Supermercados (AMIS) com empresas de todo o estado.

Ainda de acordo com o Termômetro, em maio deste ano comparado com o mesmo mês de 2016, o setor registrou crescimento de 1,96%. 

Porém, em maio/17, mês de referência da pesquisa, sobre abril/17 o setor registrou queda de – 3,97% nas vendas. O Centro-Oeste apresentou a maior queda entre as regiões, com – 4,27%, índice maior que a variação estadual. Os resultados já estão deflacionados pelo IPCA/IBGE.

O resultado negativo em maio já era esperado pelos empresários, mas numa proporção menor. Vários fatores, entretanto, podem justificar a retração, como a base alta de comparação em abril, devido aos resultados da Páscoa, e o fato de o mês ser, tradicionalmente, com baixo desempenho de vendas.

Projeção – A expectativa do setor é de voltar a registrar crescimento em junho. As sazonalidades “Juninas” sempre trazem impacto nas vendas de bebidas quentes, vinhos, e itens típicos do período, como milho para pipoca, canjica, caldos e ingredientes para o preparo. Esses produtos, no entanto, não trazem grande impacto no faturamento devido ao baixo valor agregado.

Dados nacionais – A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) divulgou os dados nacionais do setor nesta quinta. De acordo com a entidade, o segmento acumula crescimento de 0,61% no País de janeiro a maio.  Na comparação com o mesmo mês do ano passado, os resultados ficaram positivos em 1,06%. Porém, em maio deste ano em relação a abril, o setor registrou queda de 6,96%.  

VARIAÇÃO REGIONAL EM MINAS

 Total:                  -3,97%

Central:                -3,94%

Centro-Oeste:      -4,27%

Norte:                  -3,28%

Rio Doce:            -3,16%

Sul:                      -4,13%

Triângulo:            -3,46%

Zona da Mata:     -4,11%

Postado originalmente por: Nova FM

%d blogueiros gostam disto: