Pedro Cine Fotos
Divinópolis e Região

Após morte de um rapaz de 23 anos a Polícia Militar de Itaúna volta a afirmar que intervenção durante o carnaval foi foi legítima

Por: Portal MPA 28/02/2017 9:00

Segundo a Polícia Militar de Itaúna, durante policiamento em evento carnavalesco na Avenida Jove Soares, os militares foram solicitados por organizadores do evento, relatando haver três indivíduos derrubando o gradil de contenção. No local, durante a abordagem, os três então identificados como B.R.S., de 23 anos, J.P.S.A., de 18 anos e M.F.O., de 19 anos, com eles  foi apreendida uma garrafa plástica contendo uma substância entorpecente conhecida como “loló”, sendo os três conduzidos para a base da Polícia Militar para registro do fato.

Durante o trajeto até o posto policial, o autor B.R.S., desfaleceu, sendo socorrido por equipes do Corpo de Bombeiros e Brigadistas que constataram parada cardíaca. Apesar de ter recebido os primeiros socorros no local, foi conduzido para o Pronto Socorro, onde veio a óbito. Posteriormente, foi encaminhado para Divinópolis para realização de autópsia para identificação da causa da morte.

Ainda segundo a Polícia Militar, os demais abordados, confirmaram que se encontravam em uso de uso de bebida alcoólica e loló desde o sábado (25). Todos possuem prontuário criminal por crimes diversos.

A polícia Militar reafirma. “Numa avaliação inicial, a ação policial que foi testemunhada por populares, foi legítima e seguiu a doutrina de técnica policial prevista pela instituição. No local há circuito de câmeras de monitoramento, sendo as imagens remetidas para a autoridade de Polícia Judiciária. Ressalta-se que pela PMMG será instaurado procedimento apuratório para esclarecer os fatos, com total transparência. Na oportunidade, solicitamos que quem possa ter presenciado os fatos e tenha condições de auxiliar no esclarecimento da dinâmica do evento, que nos ligue através do 3242 1244, ou Disque Denúncia Unificado – DDU 181”.

Postado originalmente por: Portal MPA

%d blogueiros gostam disto: