Pedro Cine Fotos
Divinópolis e Região

Projeto que conscientiza sobre o risco de dirigir alcoolizado é aprovado

Por: Portal MPA 31/10/2017 19:00

Foi aprovado na reunião ordinária desta terça-feira, 31/10/2017, o Projeto de Lei CM 143/2017, de autoria do vereador Roger Viegas (PROS), que dispõe sobre a obrigatoriedade de campanha de conscientização do perigo da combinação de bebida alcoólica e direção, nos eventos realizados no município de Divinópolis.

De acordo com o projeto, é obrigatório a divulgação em todos os eventos realizados na cidade, sobre o perigo de dirigir sob efeito de bebida alcoólica. Os produtores de eventos devem constar nos materiais de publicidade, sejam eles cartazes, ingressos, panfletos, outdoors, redes sociais, mídias digitais, escritas e faladas, a frase “Se beber, não dirija”.

O projeto prevê ainda que durante a realização do evento, fica obrigatório a inserção de chamadas, alertando os participantes, sobre o perigo da combinação “bebida alcoólica e direção”, citando sempre a frase “Se beber, não dirija”.

De acordo com Roger Viegas (PROS), o projeto visa trazer uma maior conscientização do perigo que o uso da bebida alcoólica aliado a direção traz para toda nossa sociedade, pois os números de acidentes causados por pessoas embriagadas ao volante tem sido alarmantes. “As penalidades para esse tipo de infração tem sido cada vez mais rigorosas, mas isso não tem sido suficiente, temos que fazer também um trabalho de conscientização com os motoristas. Por isso, nada melhor que fazer esse trabalho, através dos eventos que acontecem em nossa cidade, por meio do material de publicidade, além das chamadas durante todo o evento.

De acordo com o texto do projeto, o não cumprimento dessas normas implicará multa ao organizador ou empresa responsável pelo evento, além de suspensão do direito de requerer novo alvará, mesmo que para outro evento, por um período de um ano. “Não podemos ser omissos frente a números tão alarmantes de acidentes e problemas quando vemos essa união álcool e direção. Temos que usar de todas as ferramentas necessárias para conscientizar nossos cidadãos”, finalizou o vereador.

Postado originalmente por: Portal MPA

%d blogueiros gostam disto: