Pedro Cine Fotos
Uberaba e Região

Área de preservação é cercada por tapumes e preocupa vizinhos

Por: Rádio JM 730 AM 28/03/2018 0:30

Instalação de tapumes em área verde na avenida Abel Reis chama a atenção de moradores da região. O tipo de vedação colocado no terreno normalmente é usado em construções e, por isso, a vizinhança ficou preocupada, uma vez que se trata de área com árvores, mananciais, minas e que, apesar de particular, é um espaço caracterizado como Área de Preservação Permanente (APP) e que ainda é inventariado pelo município.
O ambientalista Carlos Perez conta que algumas pessoas já o procuraram e lhe questionaram sobre a situação e diz que está acompanhando. “Assim como os vizinhos, também estamos preocupados, fizemos divulgação em redes sociais para mobilizar a população. A informação que temos até o momento é que se trata de uma área inventariada e em processo de tombamento e que na Prefeitura não existe nenhum pedido de corte de árvore para este local”, afirma.
Através de nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura confirmou algumas informações repassadas pelo ambientalista. Segundo a equipe técnica do Setor Municipal de Patrimônio Histórico e Cultural (Sempac), a área em questão, na avenida Abel Reis, se trata da Quinta da Boa Esperança ou Chácara Bacuri e é inventariada pelo município – o que confere diretrizes de proteção ao patrimônio histórico e cultural devido à importância do local para Uberaba, visto que a propriedade já pertenceu a Jesuíno Felicíssimo. Portanto, qualquer modificação ou projeto que envolva a área deve passar por análise do Conselho de Patrimônio Histórico e Artístico de Uberaba (Conphau) e, até o momento, não houve nenhuma solicitação para esta área.
Já com relação às questões ambientais, a equipe de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente esteve no local, mas o proprietário não foi localizado e não foi constatado indicativo de obra no local. Contudo, a secretaria afirma que vai notificar o proprietário para os devidos esclarecimentos, já que, mesmo sendo área particular, é protegida por lei, caracterizada como Área de Preservação Permanente, visto que o local possui três minas e não há na referida secretaria qualquer autorização de intervenção no local.  
Plano Diretor prevê a desapropriação e criação do Parque Mata do Bacuri. No Plano Diretor do município, que é a Lei Complementar n° 359, na subseção II, que trata do Patrimônio Natural, o artigo 106 diz que o Parque Mata do Bacuri, situada na avenida Abel Reis, na Quinta da Boa Esperança, é considerado elemento referencial para o patrimônio natural da cidade. Já o artigo 107 afirma que, para proteção do patrimônio natural e qualificação ambiental da cidade de Uberaba, deverá ser adotada a seguinte medida: implantação do Parque Mata do Bacuri, para preservação de espécies vegetais remanescentes do cerrado, com a desapropriação ou aquisição da área de propriedade particular, através dos instrumentos da política urbana.

Postado originalmente por: JM Online

%d blogueiros gostam disto: