28 Congresso
Uberaba e Região

Uberaba tem o 1º saldo positivo na geração de empregos do ano

Por: Rádio JM 730 AM 24/03/2018 0:30

Depois de fechar mais de mil vagas de emprego no último mês de 2017 e começar 2018 com saldo negativo na geração de empregos, Uberaba registra o primeiro saldo positivo do ano. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em fevereiro, o total de admissões e demissões voltou a fechar muito próximo, mas houve a abertura de 110 vagas de emprego com carteira assinada na cidade.
Foram admitidos 2.967 trabalhadores em Uberaba, contra 2.857 demissões. O setor de serviços continua sendo o que mais admitiu trabalhadores, com a contratação de 1.320 prestadores de serviço, mas também foi o que mais demitiu, rescindindo o contrato de 1.094 funcionários, gerando saldo de 226 vagas criadas. Já a construção civil continuou apresentando a reação positiva sentida no mês de janeiro. No segundo mês do ano, o setor abriu 36 novas vagas, tendo admitido 288 operários e demitido 252.
A indústria de transformação em Uberaba também manteve o saldo positivo na criação de empregos registrada em janeiro, mas em menor número. As fábricas uberabenses abriram 518 vagas e fecharam 500, com saldo positivo de 18 vagas em fevereiro. O último setor a apresentar números positivos foi o de extrativismo mineral, que admitiu nove trabalhadores com carteira assinada e desligou quatro, abrindo cinco postos de trabalho.
Por outro lado, seguindo a tendência registrada em janeiro, o comércio assinou a carteira de trabalho de 660 funcionários e deu baixa em 813, terminando o segundo mês do ano com 153 postos de trabalho a menos. O setor da agropecuária teve o primeiro saldo negativo de 2018 após garantir a abertura de 131 novos postos de trabalho em janeiro. No segundo mês do ano, as empresas rurais empregaram 168 trabalhadores e demitiram 189, encerrando 21 vagas. O setor de serviço industrial de utilidade pública encerrou um posto de trabalho e a administração pública zerou o índice de empregabilidade ao deixar de contratar e de demitir.
Considerando os últimos doze meses, o nível de empregabilidade de Uberaba apresentou leve melhora. No período foram fechados 263 postos de trabalho com carteira assinada. O setor que apresentou maior redução continua sendo a construção civil, com saldo nos últimos doze meses de 443 postos de trabalho fechados, seguida pela indústria de transformação.
Em todo o país foi registrado saldo positivo na empregabilidade com a abertura de mais de 61 mil novas vagas com carteira assinada em fevereiro. Minas Gerais também registrou bom resultado com a criação de 7.288 postos de trabalho no segundo mês do ano.

Postado originalmente por: JM Online

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: