Atlético perde a liderança para o Palmeiras e se vê em lamentação, já o Cruzeiro com atuação apagada é anulado pelo Internacional

 

Resumo Atlético x Palmeiras: O jogo foi disputado logo aos primeiros segundos, o Palmeiras queria manter-se com a invencibilidade do Felipão no que se dizia respeito ao Campeonato Brasileiro, porém o Galo ainda brigava para manter-se na liderança, à frente do Palmeiras e até então o próprio Botafogo, portanto a disposição do Atlético Mineiro era maior do que a do próprio Palmeiras que buscava sufocar ao extremo o Palmeiras, até seus vinte minutos de jogo o domínio total era do Atlético, porém a ameaça palmeirense vez ou outra vinha à tona para esquentar o jogo. 

O Palmeiras avançava sempre pelo lado esquerdo, o time de São Paulo insistia por demais no lado esquerdo de campo, obrigando com que o Atlético ficasse em sua extrema defesa, tentando resguardar-se ao máximo para não sofrer uma pressão do Palmeiras, porém o Atlético ainda estava vivo e mostrava porque ainda queria a liderança do Campeonato Brasileiro, embora o marcador ainda não tivesse sido aberto. O Palmeiras apresentava um futebol um tanto ofensivo, fazendo com que os jogadores do Galo fossem ”prejudicados”, a partida esquentou-se o suficiente para que um equilíbrio fosse mantido entre elas, portanto, até então não havia um favorito para ganhar a partida em questão, ambos os times se preparavam para tentar assumir a liderança do Campeonato Brasileiro, porém a dificuldade era presente de segundo a segundo, o que deixava a tormenta ainda maior para os dois times. 

O Palmeiras embora pressionasse parecia não haver interesse no jogo, o time de São Paulo agredia muito os jogadores do Atlético que buscavam o chute para o Gol, o jogo parecia muito igual, porém a violência palmeirense era gigantesca.

Aos 43 minutos; Gol de Bruno Henrique! Zé Rafael recebe a bola na área, ajeita para Veiga, que ajeita para Bruno Henrique. O meia enche o pé no ângulo de Victor. Assim sendo; o Palmeiras abria o marcador. 1 x 0 para o time de São Paulo, o Verdão então assumia uma postura de ”líder” até então. 

O Segundo Tempo: A resposta para o alívio veio do Palmeiras, logo no começo do jogo, aos 7 minutos Gol de Bruno Henrique! Meia tabela com Dudu pela esquerda, recebe a bola na entrada da área e bate colocado, no cantinho de Victor. Deixando com que o placar fosse ampliado para 2 x 0 a favor do Palmeiras, deixando a liderança e os 100% de aproveitamento do Atlético abaixo. o Atlético simplesmente apagou durante o Segundo tempo, as expressões que o time apresentava era quase que nula, fazendo com que houvesse uma supremacia verde presente no Mineirão, o Palmeiras então chegava e entrava livre na área do Galo conforme ele o quisesse. 

Resumo Internacional x Cruzeiro: O jogo começou com uma pressão extraordinária, ambas as equipes se prontificavam em se manterem vivas durante o jogo em questão, até seus vinte minutos de jogo a pressão do Internacional quanto do Cruzeiro eram intensas, ambas as equipes até então possuíam uma posse de bola igualitária, ambas as equipes também se posicionavam bem nos ataques e também defesas, fazendo com que houvesse uma dificuldade extrema de qualquer equipe conseguir abrir o marcador. O Internacional, porém, por estar em casa sabia que deveria responder à altura da torcida que estava disposta as arquibancadas, portanto a insistência do time gaúcho permanecia maior do que a do time mineiro. 

O Cruzeiro tentou reagir, fazendo com que o Inter se reservasse ainda mais em seu campo de defesa, segurando o sufoco da Raposa no jogo. Até então ambas as equipes possuíam um equilíbrio com suas ações, portanto não houve uma atuação expressiva de qualquer uma das equipes uma vez que ambas procuravam ao máximo se defenderem e também atacarem, o que deixava o jogo um tanto difícil para os times que disputavam pela vitória, sendo então um jogo de caráter ”desesperador”. 

Logo na casa dos 30 minutos uma falta à favor do Internacional fez abrir o marcador, numa falha da barreira do Cruzeiro a bola encobriu Fábio o suficiente para fazer com que ela fosse de imediato ao travessão, levando o goleiro cruzeirense ao chão e no rebote; Nonato, avançou pela barreira cruzeirense e assim abriu o marcador para o Internacional, assim sendo; 1 x 0 para o Inter. Porém a alegria colorada não durou muito, minutos após o gol do time gaúcho, com uma bola alçada na grande área do Internacional o zagueiro Dedé subiu alto superando a defesa do Internacional e empurrando a bola para as redes do Internacional, tirando a raposa do sufoco do jogo que era um equilíbrio intenso entre ambas as equipes; 1 x 1. 

O Segundo Tempo: O jogo recomeçou apertado, ambas as equipes procuravam sair do empate, procurando obter maior velocidade de jogadas e lances obrigando com que o Cruzeiro se defendesse mais uma vez que o Internacional pressionava ao máximo desde o início de jogo, o resultado dessa pressão colorada não demorou para ser manifestada no placar, Aos 15 minutos Edenilson rouba a bola, toca para D’Ale, que acha Nico. Ele finaliza e Fábio pega na primeira. Guerrero tenta no rebote e Dedé salva na segunda. D’Ale chuta e Dodô salva na terceira. Na quarta… Guerrero manda pro fundo da rede; assim sendo o Internacional ampliava para 2 x 1 o placar em questão. 

O Internacional até obteve chances de ampliar para 3 x 0 com uma penalidade; D’Alessandro bate rasteiro, de canhota, no lado esquerdo. Fábio cai pro direito, mas a bola vai pela linha de fundo, assim sendo perdendo uma boa oportunidade para ampliar o placar.

O jogo ficou tenso, tudo era motivos para grande polêmicas e ”brigas”, com a marcação de uma falta à favor para o Inter, os ânimos se exaltaram fazendo com que o jogo ficasse ainda mais disputado e com contatos de grau maiores, o gol do Internacional veio logo em seguida, fazendo com que o Cruzeiro fosse simplesmente ”apagado” no jogo em questão. Rodrigo com falta cobrada por Sobis explode no travessão, Fábio espalma para cima, a bola toca na trave, no chão e sobra para Rodrigo Moledo ampliar; 3 x 1 Internacional. 

O Segundo Tempo do Cruzeiro foi inteiramente apagado, o Cruzeiro não se expressava, o Internacional portanto fazia o que queria com o time cruzeirense.

Acompanhe a Jornada Esportiva:

 

Veja as imagens de nossa Equipe Esportiva:


O post Atlético perde a liderança para o Palmeiras e se vê em lamentação, já o Cruzeiro com atuação apagada é anulado pelo Internacional apareceu primeiro em Portal MPA.

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: