Em nota, AMIRT repudia restrição sofrida por rádio no jogo entre Tricordiano e Ipatinga

A Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt) divulgou nesta segunda-feira (26) uma nota repudiando a restrição sofrida pelos profissionais da Rádio Vanguarda AM, de Ipatinga para a transmissão da partida entre a equipe do Vale do Aço contra o Tricordiano, pela segunda rodada do Módulo II em São Gonçalo do Rio Abaixo, no último domingo (25).

A nota assinada pelo presidente da associação, Mayrinck Júnior traz relatos do técnico em manutenção da rádio Vanguarda. Ele relatou que a equipe chegou ao estádio junto com o trio de arbitragem, sendo surpreendida com o veto da equipe de segurança, conforme determinação da presidência do Tricordiano.

Devido a proibição, os radialistas pediram uma caminhonete emprestada e de pé, na caçamba fizeram a transmissão do jogo de cima do muro. Os funcionários ainda alegaram que seguranças tentaram impedir a transmissão, mesmo sendo realizada da parte externa do estádio. O veto foi justificado pelo presidente do Tricordiano pela não liberação de alguns setores do estádio pelo Corpo de Bombeiros, inclusive a área destinada a imprensa. Os radialistas rebateram, dizendo que não precisariam ficar no setor de imprensa, mas o acesso foi negado novamente.

A Amirt ressalta que situações como do último domingo (25) “não podem se repetir, pois são frutos da intolerância e ausência total da ordem e a anulação do Estado de Direito”.

Confira abaixo a nota na íntegra

Tricordiano proíbe transmissão e equipe de rádio transmite “em cima do muro”

Postado originalmente por: Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: