Pedro Cine Fotos
Divinópolis e Região

Militares vão receber armamento adequado para enfrentar quadrilhas de explosão a caixas eletrônicos

Por: Rádio Minas 12/04/2018 17:40

A onda de criminalidade tem assustado moradores do interior do Minas Gerais, em específico, por causa de um crime que causa enormes prejuízos à população e entidades financeiras. Ao longo de 2017, somente no Centro-Oeste foram 31 ataques a agências bancárias. Agora, a Polícia Militar juntamente com outros órgãos de segurança, monta uma força tarefa para coibir esse tipo de ação. 

Vários militares dos batalhões que compõem a Sétima Região de Polícia Militar participaram de um trinamento aplicado pelo BOPE, o Batalhão de Operações Policiais Especiais. O palestrante, Coronel Giovanne, veio de Belo Horizonte e repassou orientações sobre uma modalidade de crime cada vez mais frequente: o ataque a agências bancárias. 

Um dos focos principais da discussão foi o policiamento especializado. Os militares acompanharam casos recentes de crimes que fogem da capacidade de atendimento rotineiro dos policiais, como explosão de agências bancárias e troca de tiros com agentes da segurança pública. 

Em 2017, foram contabilizados 31 crimes de araques conta agencias bancárias na região Centro-Oeste. Já em 2018 foram três. O primeiro deles foi no dia seis de fevereiro, em São Sebastião do Oeste. O segundo foi um mês depois na cidade de Luz e o terceiro na cidade de Pains, no dia seis de março. Agora um detalhes que chama atenção das autoridades é a proximidade dessas datas e a saída de pagamento, pela proximidade com o quinto dia útil. 

Além do treinamento teórico dos militares, os policiais também devem treinar na prática, com o uso de ações especializadas em crimes de ataques a bancos e intervenções em áreas de risco, além do uso de novo armamento. 

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os crimes contra agências bancárias apresentaram redução no primeiro trimestre, mas nos últimos dias, após ações policiais, tais grupos criminosos parecem não se inibir com a presença policial. Mesmo assim, as autoridades garantem que o policiamento será intensificado, principalmente contra esse tipo de crimes. 

Postado originalmente por: Minas AM/FM

%d blogueiros gostam disto: