Reajuste gera impacto de quase milhão na folha, conta deve cair no colo da população com aumento do IPTU

Um impacto de quase um milhão de reais por mês na folha salarial da prefeitura. Este é o montante necessário para quitar o aumento do salário dos servidores a partir do dia primeiro de junho. O acordo de pagamento integral foi feito entre a administração e representantes da categoria.

O aumento de 4,59% foi exigido pelos Sindicatos do funcionalismo público como o SINTRAM e o SINTEMD. O percentual é estabelecido pela lei do gatilho salarial criada em 2008. Para pagar o reajuste será necessário cerca de 12 milhões de reais por ano. A situação preocupa.

Em entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis da Rádio Minas FM o líder do governo na Câmara o vereador Eduardo Print Junior (SD) disse que a situação pode gerar atrasos de salário e escalonamento já a partir de setembro. A crise financeira do município entra em um momento crítico.

Para tentar cumprir o aumento o vereador disse serão realizadas duas ações. A primeira delas é o projeto de anistia que será enviado para Câmara. No projeto o município perdoa juros e multas de contribuintes em débito com a cidade. A ideia é incentivar os contribuintes a pagarem as dividas. Outra medida é o corte de 20% dos comissionados ainda nesta semana.

Em outra parte da entrevista o líder do governo chama os representantes dos sindicatos e os servidores a pensarem no futuro da cidade. Com o município em um estado financeiro delicado cobrar o cumprimento da lei de reajuste pode comprometer ainda mais a cidade e impedir o servidor de receber em dia.

Por Minas AM/FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: