28 Congresso
Divinópolis e Região

Semusa realiza 365 cirurgias de catarata em Divinópolis

Por: Rádio Minas 29/08/2017 8:40

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), realizou nos dias 26 e 27 de agosto, um mutirão de 365 cirurgias de catarata e mais de 3766 procedimentos. Para este serviço foi contratada uma empresa com mais de 20 anos de experiência nesta área, atuante em todo o país.

As cirurgias foram realizadas em bloco cirúrgico montado em uma carreta que possibilitava duas cirurgias simultâneas e a cada 10 minutos aproximadamente dois pacientes eram atendidos. A carreta ficou estacionada junto ao Ambulatório de Especialidades Médicas da Semusa, localizado ao lado do Samu, o que possibilitou um atendimento humanizado, sem filas e nem tumultos, acomodando confortavelmente pacientes e seus acompanhantes.

Emocionada, a moradora do bairro Afonso Pena, Irani de Fátima Barreto, falou sobre a expectativa de fazer a cirurgia depois de dois anos de espera. “Não estava dando conta de fazer nada em casa, já cai e me machuquei muito. Então estou muito feliz, tudo agora vai melhorar porque vou voltar a enxergar” afirmou.

De acordo com o diretor de Regulação da Semusa, Amarildo de Sousa, para garantir maior segurança para os pacientes, o trabalho da Vigilância Sanitária foi acionado. “Na quinta e sexta-feira (24 e 25/08) trabalhadores de Vigilância Sanitária vistoriaram a carreta para verificar se tudo estava conforme as normas sanitárias para a realização das cirurgias. O laudo atestou que tudo estava adequado e no sábado (26/08) com a carreta já atendendo os pacientes um fiscal voltou ao local para verificar o local em pleno funcionamento. Mais uma vez foi fornecido um laudo de que tudo estava dentro das normas vigentes” garantiu.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Rogério Barbieri, as pessoas convocadas para a cirurgia fazem parte de uma fila existente na Semusa desde 2015, mas que o trabalho é continuo. “Foi uma determinação nossa de que fossem chamados os usuários obedecendo rigorosamente a ordem cronológica de entrada dos pedidos e a prioridade de clínica. Mas além do mutirão temos convênio com outros municípios da nossa macrorregião que realizam este tipo de procedimento. Há duas semanas 150 pacientes foram operados em cidades da região e nos próximos dias mais 50 pacientes serão operados nesta cidade” explicou.

Barbieri informou ainda que foi realizada uma reunião onde empresas privadas, junto com representantes da UFSJ, mostraram interesse em abrir um serviço de residência médica em oftalmologia na cidade. “Se isso realmente vier a se concretizar, não só vamos conseguir que esta fila praticamente seja zerada, mas também podemos fornecer esse tipo de serviço a outros municípios da região. É uma grande expectativa esse projeto e se conseguirmos colocar em prática vamos conseguir beneficiar muita gente” destacou.

Após as cirurgias, pacientes e acompanhantes, recebiam algumas orientações pós cirurgias, como poder se alimentar normalmente, não fazer esforço físico e utilizar o colírio que receberam conforme instruções. Na segunda-feira (28/08) foi realizada a primeira consulta pós cirúrgica para acompanhamento dos casos e 30 dias após a cirurgia os pacientes passarão por outra consulta pós cirúrgica.

 

.

 

Clique para exibir o slide.

 

 

.

Fotos: Katiuscia Freitas/PMD

Postado originalmente por: Minas AM/FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: