Pedro Cine Fotos
Viçosa e Região

Reajuste dos servidores volta a ser discutido na câmara

Por: Rádio Montanhesa 29/06/2017 9:20

Durante reunião Ordinária da terça-feira (27), foi lida correspondência do Sindicato dos Funcionários da Prefeitura Municipal de Viçosa (SINFUP), em que os servidores encaminham pedido para que o Projeto de Lei nº 027/2017, que dispõe sobre o reajuste e que tramita nas Comissões internas, não seja votado na Casa até que novas negociações entre o Executivo e o Sindicato sejam discutidas. Na Tribuna Livre, o advogado do SINFUP falou sobre o caso, repercutido também pelos vereadores.

O advogado Eder Benevides reafirmou a posição do SINFUP de que o reajuste, proposto pelo Executivo Municipal, não beneficia os servidores: “esse reajuste não cobre nem a inflação, cujo índice é de 6,29%. Em verdade, não se trata de reajuste. Se trata de perda salarial”. O advogado afirmou ainda que o Projeto de Lei fere princípios constitucionais ao distinguir o reajuste entre as categorias, e que é dever dos vereadores honrar a Constituição e o voto dos servidores. “Os números demonstram que a Prefeitura pode sim conceder um reajuste justo. Se aprovado um reajuste tão ínfimo, restará aos servidores e cidadãos pensar que seus representantes são indiferentes a eles”, finalizou. A última proposta feita pela prefeitura, de reajuste de 3%, foi negada pelos servidores no início desta semana.

A Líder do Prefeito na Casa, Vereadora Brenda Santunioni (PP), parabenizou o Sindicato pela manifestação, mas questionou a fala sobre a “indiferença” dos parlamentares. “Quando eu for votar essa questão, não serei indiferente”, declarou.

O Vereador Idelmino Ronivon da Silva (Professor Idelmino) (PCdoB) solicitou à Mesa Diretora que espere novas negociações para submeter o Projeto de Lei ao Plenário. “O SINFUP já entendeu que os 15 vereadores realmente estão a favor do servidor municipal”, disse.

Com informações da Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Viçosa

Postado originalmente por: Rádio Montanhesa

%d blogueiros gostam disto: