28 Congresso
Montes Claros e Região

Polícia diz que dona de casa queimada viva junto com as filhas, em Januária, sofreu agressões do marido em 2014. Casal estava em processo de separação

Por: Radio Montes Claros 03/03/2018 8:50

tragedia-em-januaria-familia-morre-carbonizada.jpg

Foram enterrados ontem à tarde os corpos da mãe, das 2 filhas e do pai queimados dentro de casa em Januária. A polícia informou que a dona de casa sofreu agressões e ameaças do marido em 2014 e que o casal estava em processo de separação.

O delegado que cuida do caso disse que a tragédia aconteceu às 6h30 da manhã – um dia depois que o casal participou de audiência no fórum, em Januária, para tratar do divórcio.

Adailson Lourenço de Araújo, de 43 anos, que trabalhava como professor da rede municipal, ateou fogo na esposa, Isabel Pereira da Silva, de 38, e nas 2 filhas, de 11 e 16 anos, e depois nele mesmo.

Os bombeiros encontraram os corpos dentro de um quarto. As vítimas estavam trancadas no cômodo impedidas de sair. Vizinhos pularam o muro da casa e tentaram abrir a porta, mas não conseguiram.

Quando os bombeiros chegaram, a família já estava morta. A polícia constatou que Isabel recebeu facada no peito antes de ser queimada.

Postado originalmente por: 93 FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: