Campanha de doações de roupas para a Casa Acolhedora prosseguem durante o mês de julho

Campanha de doações de roupas para a Casa Acolhedora prosseguem durante o mês de julho
Emiliana disse que além das peças, estão sendo solicitadas doações de chinelos, bolsas, produtos de higiene pessoal, entre outros.

A Psicóloga, Larissa Ribeiro falou que outros pontos também estão recebendo as doações

A campanha de arrecadação de roupas para a Casa Acolhedora Padre Carlos Seelen continua em Muriaé. Nesta sexta-feira (12) a coordenadora do espaço, Emiliane Antunes acompanhada da psicóloga, Larissa Ribeiro, concederam uma entrevista ao programa “Manhã da Muriaé” e falaram sobre o assunto.

Segundo elas, além das peças, estão sendo solicitadas doações de chinelos, bolsas, produtos de higiene pessoal, entre outros. 

A iniciativa da Prefeitura de Muriaé, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, visa atender melhor o público que utiliza os serviços da Casa Acolhedora, como pessoas em situação de rua e migrantes. 

De acordo com Emiliana, em 2018, mais de mil pessoas passaram pela casa e precisaram de roupas.

Devido ao público da instituição é formado em sua maioria por homens, a demanda maior é por roupas masculinas. As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. A Casa Acolhedora está localizada na Rua Júlio Brandão, 168, Barra. O telefone para contato é o 3721-4602. 

As doações podem ser feitas também na Karlo’s Papelaria, Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração e Igreja Metodista Valentim. As roupas a serem doadas devem estar em bom estado de conservação.

Sobre a Casa Acolhedora

Fundada em julho de 2009, a Casa Acolhedora fornece alimentação e estadia para pessoas em situação de rua, passagem de ônibus intermunicipal para migrantes, além de atendimento social que o acolhido necessitar. Em 2018, atendeu cerca de 1.200 pessoas, sendo 1.018 homens e 179 mulheres.

Funcionando 24 horas por dia, a Casa é mantida através de parceria entre a Prefeitura, que faz a gestão do local, e Paróquia São Paulo, a qual é responsável pelo aluguel. A equipe é composta por coordenadora, psicóloga, assistente social, auxiliar administrativo e geral, cuidador social e segurança.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: