28 Congresso
Muriaé e Região

Diretoria do HSP esclarece dúvidas sobre situação do Pronto Socorro e explica superlotação

Por: Rádio Muriaé 21/03/2018 14:48

Diretoria do HSP esclarece dúvidas sobre situação do Pronto Socorro e explica superlotação
Entrevista foi concedida a Rádio Muriaé na manhã desta quarta (21)

Provedor do Hospital São Paulo, Messias Vardiero

Diretora de Administração Hospitalar, Rita de Cássia Pereira de Castro

Diretor Técnico e médico, José dos Santos Mostaro

Enfermeiro coordenador, Frederico Emerick

Há muitos anos o Pronto Socorro do Hospital São Paulo é a principal, e única, referência em atendimento de urgência e emergência em Muriaé e toda a região. A grande demanda, cima da capacidade de atendimento do setor, tem gerado reclamações dos usuários. Para esclarecer a esses questionamentos e também falar sobre a superlotação dos leitos, membros da diretoria do HSP concederam entrevista a Rádio Muriaé na manhã desta quarta-feira (21).

(Clique acima e ouça a entrevista completa)

Participaram da entrevista o Provedor do HSP, Messias Vardiero, a Diretora de Administração Hospitalar, Rita de Cássia Pereira de Castro, o Diretor Técnico e médico, José dos Santos Mostaro e o Enfermeiro coordenador, Frederico Emerick.

O Diretor Técnico, José dos Santos Mostaro, falou sobre a principal finalidade do Pronto Socorro que é o atendimento de casos de urgência e emergência, no entanto, segundo ele, mais da metade dos atendimentos prestados pelo setor não se enquadram neste perfil. Consequentemente, aumenta o tempo de espera dos pacientes e sobrecarrega o Pronto Socorro.

Rita de Cássia voltou a falar sobre a situação financeira do Pronto Socorro e explicou que mesmo com o repasse mensal da Prefeitura de Muriaé e de outras prefeituras da região, o setor tem fechado o mês com déficit.

Quanto a superlotação nos leitos da instituição, a diretora de Administração Hospitalar esclareceu que há um sistema informatizado que encaminha os pacientes para internação e no momento há, pelo menos, 10 pessoas aguardando vagas.

A orientação à população é que em casos mais simples, inclusive suspeitas de conjuntivite, a pessoa deve procurar o posto de saúde mais próximo e recorrer ao Pronto Socorro somente para casos de urgência e emergência.

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial do conteúdo (texto e imagem) permitida somente mediante crédito.

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: