28 Congresso
Muriaé e Região

Plano Diretor do Município foi tema de entrevista na Rádio Muriaé

Por: Rádio Muriaé 28/03/2018 9:48

Plano Diretor do Município foi tema de entrevista na Rádio Muriaé
Chefe de gabinete da prefeitura, Reginaldo Roriz

Secretária adjunta de Obras e Urbanismo, Maíta Andrade

Diretor da consultoria Geo Brasílis, José Roberto Santos

A revisão do Plano Diretor de Muriaé foi destaque na edição desta terça-feira (27) do programa “Manhã da Muriaé”. O assunto foi tema de entrevista com o chefe de gabinete da prefeitura, Reginaldo Roriz, a secretária adjunta de Obras e Urbanismo do município, Maíta Andrade, e o diretor da diretor da empresa Geo Brasílis, contratada para realizar o trabalho técnico da revisão, José Roberto Santos.

Assista acima a íntegra da entrevista que foi transmitida ao vivo também em vídeo na página da Rádio Muriaé no faceook

Previsto na Constituição Federal como obrigatório para cidades com população a partir de 20 mil habitantes, o Plano Diretor foi regulamentado pelo Ministério das Cidades, e trata-se de uma importante ferramenta para o desenvolvimento e gestão participativa dos municípios, uma vez que precisa ser elaborado com participação de todos os segmentos da sociedade.

O plano estabelece metas a serem alcançadas durante os próximos 10 anos, em todas as áreas da administração municipal, como uso e ocupação do solo, do aparelhamento público, planejamento habitacional, mobilidade urbana e serviços essenciais, a exemplo de saneamento básico, saúde, educação, entre outros.

O Plano Diretor de Muriaé foi ciado em 2006 e, por lei, já deveria ter sido revisado em 2016. Reginaldo Roriz explicou que por meio de parceria com o Instituto Votorantim a revisão do Plano Diretor de Muriaé será feita sem custo para os cofres do município.

O diretor da Geo Brasílis, José Roberto Santos, detalhou que processo será iniciado em junho, com várias oficinas públicas que serão realizadas pela equipe técnica da empresa nos distritos de Muriaé, com objetivo de ouvir as comunidades e apurar a demanda de cada localidade. O executivo enfatizou que todos poderão dar sua contribuição, tanto por escrito como ou através de um e-mail que será criado para este fim.

As datas, locais e horários das oficinas nos distritos, bem como de duas audiências públicas previstas para acontecer em agosto e setembro, na sede do município, serão amplamente divulgados com antecedência.

Destacando a importância da participação popular na revisão do Plano Diretor, Maíta Andrade argumentou que as pessoas mais indicadas para apontar as necessidades, por exemplo, de um bairro, são aquelas que moram nele.

 

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial permitida somente mediante crédito.

 

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: