Pedro Cine Fotos
Muriaé e Região

Secretaria de Estado da Educação esclarece atraso na aplicação de concurso no último dia 8

Por: Rádio Muriaé 12/04/2018 10:48
Secretaria de Estado da Educação esclarece atraso na aplicação de concurso no último dia 8
Em Muriaé a prova foi aplicada no Premem, bairro São Francisco

No último domingo (08) foi realizada em todo o estado de Minas Gerais a aplicação das provas do concurso público para Professor de Educação Básica e Especialista em Educação Básica. O início da aplicação do exame foi adiado em uma hora e gerou polêmica.

Em Muriaé a prova foi aplicada na escola estadual Padre Maximino Benassati (Premem) e também houve reclamação dos candidatos que, inclusive registraram um Boletim de Ocorrência.

De acordo com o registro policial, as solicitantes reclamaram que foram informadas pelo coordenador de aplicação de provas, que o início seria adiado em uma hora, mas não informou o motivo do atraso.

Em seu site oficial, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) informou que tomou conhecimento de denúncias que circulavam em redes sociais quanto ao uso de celulares em ambiente de provas, além de fotos de supostas provas. A SEE acionou a empresa contratada para realizar o concurso Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) para apuração das denúncias.

Segue na íntegra a nota da Fumarc:

“A Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) esclarece: o concurso da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, realizado no dia 8 de abril, enfrentou um problema de logística, o que causou o prolongamento do horário de início das provas em 60 minutos.

O material de apoio aos fiscais, com a lista de presença dos candidatos, que seria destinado a quatro escolas de Belo Horizonte, foi embarcado em veículo da Fumarc com outra rota de distribuição. Com isso, o veículo da Fumarc teve que retornar ao ponto de origem para a destinação correta do material de apoio.

Para garantir aos candidatos as mesmas condições na realização das provas, o início do concurso, em todas as regiões, ocorreu quando as quatro escolas receberam o material de apoio.

Também com o objetivo de respeitar o intervalo entre as provas da manhã e tarde, considerando que muitos candidatos participariam dos dois concursos, o início das provas, neste segundo turno, também foi prolongado.

Importante ressaltar: a Fumarc, com 40 anos de experiência na realização de concursos públicos e privados, está apurando os fatos envolvendo este concurso”.

Texto: Rádio Muriaé – reprodução na íntegra ou parcial do conteúdo (texto e imagem) permitida somente mediante crédito.

Fonte : Rádio Muriaé

Postado originalmente por: Rádio Muriaé

%d blogueiros gostam disto: