Advogado de moradora de Santa Rita de Caldas que acusa Ministro do Turismo de crime eleitoral

Na última terça-feira (19) a comerciante Zuleide Aparecida de Oliveira, que mora em Santa Rita de Caldas e que acusa o Ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio de chamá-la para ser candidata “laranja” pelo PSL nas eleições 2018, prestou depoimento à Polícia Federal em Varginha.
No dia 7 de março, quando o caso veio a público, o ministro negou as irregularidades, disse que o partido seguiu a lei e que a ex-candidata mentia “descaradamente”.
Durante o depoimento Zuleide voltou a afirmar que o encontrou no ano passado em Belo Horizonte, onde a proposta teria sido feita. Segundo ela, caso fosse candidata, receberia R$ 60 mil do fundo partidário, mas só ficaria com R$ 15 mil para a campanha.
Para falar sobre o assunto o advogado Renato Sidney Delavia, que representa a comerciante, participou ao vivo do Jornal da Cidade.

Postado originalmente por: Rádio Vinícola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: