Pedro Cine Fotos
Itabira e Região

Belmont oferece 1% de aumento; “Proposta é piada de mau gosto”, rebate Metabase

Por: Ronniel Nascimento 31/10/2017 13:47

Na primeira rodada de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2017/2018 a Belmont Mineração ofereceu o reajuste de 1% no salários dos seus trabalhadores, proposta que foi rejeitada imediatamente pelos diretores do Sindicato Metabase de Itabira e Região. A data base da campanha salarial é 1º de setembro, mas a empresa protelou as negociações e marcou a primeira rodada para esta segunda-feira (30).

A proposta foi criticada pelos diretores do Metabase, que ainda não marcaram a data da segunda rodada de negociação. A pauta entregue à empresa cobra o reajuste com base na recomposição das perdas inflacionárias segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de setembro de 2016 a 31 de agosto em 1,73%, mais 5% de ganho real. O piso salarial cobrado é de R$ 1.200,00 e o cartão alimentação R$ 350,00.

De acordo com o diretor tesoureiro do Metabase, Carlos Roberto Assis Ferreira “Carlão”, a negociação do ACT da Belmont também afeta os trabalhadores da empresa Canaã, pertencente ao mesmo grupo. A proposta, disse o sindicalista, deverá ser reapresentada pela empresa, para que um assembleia seja realizada com a categoria no próximo mês.

“Depois da empresa abrir as negociações já com atraso, ofereceu 1% de reajuste, mas este valor foi recebido como uma piada de mau gosto, tendo em vista que a situação econômico financeira dos trabalhadores da Belmont e da Canaã é muito crítica, devido ao arrocho salarial proposto por esta empresa nos últimos anos. Aguardamos agora que a empresa formalize uma proposta convincente para consultarmos os trabalhadores”, afirmou o diretor.

Postado originalmente por: Ronniel Nascimento

%d blogueiros gostam disto: