Anuncie
Divinópolis e Região

Sete têm bens bloqueados por improbidade na prefeitura de São Sebastião do Oeste

Por: Sucesso FM 18/08/2017 12:25

Sete pessoas que prestavam serviços à Prefeitura de São Sebastião do Oeste foram acusadas de improbidade administrativa e tiveram seus bens bloqueados por determinação da juíza de Direito da comarca de Itapecerica, Fabiana Ferreira de Melo, em despacho divulgado nesta quarta-feira (16).

Entre os envolvidos estão o ex-prefeito Dorival Faria de Barros e o ex-secretário de Saúde Alexandre Silva Guimarães. A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Minas Gerais após apurar o caso de cinco médicos que recebiam por plantões sem prestar o serviço, entre março de 2015 a novembro de 2016.

Em um dos casos, parte dos valores pagos à médica Josiane dos Anjos Silva Daimond era depositada diretamente na conta do ex-secretário. O inquérito diz, ainda, que o ex-prefeito tinha conhecimento do fato e nada fez para evitá-lo.

As outras quatro pessoas citadas no inquérito, Gustavo Laranjo Avelar, Marcela Marciano Lacerda, Ana Cláudia Batista de Melo e Renata Teixeira Tavares Ribeiro também recebiam por plantões inexistentes, mas o Ministério Público não informou se parte da remuneração também era repassada ao ex-secretário de Saúde.

Segundo a decisão da juíza, os recursos bloqueados são da ordem de R$ 227.936,03, entre bens imóveis e móveis, valor que assegura o integral ressarcimento aos cofres públicos. Ainda cabe recurso da decisão.

A médica Josiane dos Santos Silva Daimond não quis se pronunciar sobre o fato e repassou o contato de seu advogado, que não atendeu as ligações. O ex-secretário de Saúde disse que só irá se posicionar após até ter conhecimento do teor do processo.

Os demais réus não foram encontrados. Nenhuma das partes citadas pela juiza foi encontrada para comentar o caso. (Fonte: G1)

Postado originalmente por: Sucesso FM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: