Pedro Cine Fotos
Juiz de Fora e Região

Projeto da PM busca aproximação com a comunidade

Por: Tribuna de Minas 27/06/2017 14:58
Crianças do bairro conhecem o interior do ônibus (Foto: Divulgação/ PM)

Crianças do bairro conhecem o interior do ônibus (Foto: Divulgação/ PM)

 

Durante as duas próximas semanas, a sede e todo o setor administrativo da 70ª Companhia da Polícia Militar, responsável pelo policiamento na Zona Leste de Juiz de Fora e que funciona no Bairu, ficará no Bairro Santa Rita. A iniciativa faz parte do projeto batizado de Posto de Ação Social e Segurança Orientada (Passo), que pretende melhorar a aproximação do cidadão com a corporação e levar educação, segurança e saúde para a comunidade. Esta é a terceira vez que a companhia é descentralizada e “migra” para os bairros da Zona Leste.A primeira experiência foi no São Benedito e a segunda, em Linhares.

Esta é a primeira vez que a ação leva um ônibus para o bairro. Equipado com câmeras, internet e outros equipamentos modernos, o ônibus funcionará como sede da companhia e também para atendimento ao público. Colocado em um ponto estratégico, entre uma escola municipal e o posto de saúde, o veículo abrigará ainda estagiários de cursos da faculdade Estácio de Sá, que prestarão serviços ao público.

Além da interação com os moradores, o comandante da companhia, Carlos Vilaça, destaca que, após a ação, é possível planejar melhor o policiamento daquela região. “A avaliação que temos das duas experiências anteriores é extremamente positiva. No São Benedito, que era uma área até então violenta. conseguimos interagir muito com a comunidade. No Linhares, após avaliar o que vimos, mantemos uma viatura específica para a área.”

 

Comunidade interage com policiais militares (Foto: Divulgação/ PM)

Comunidade interage com policiais militares (Foto: Divulgação/ PM)

 

O oficial destacou que, no caso do Santa Rita, a escolha se deu por conta da vulnerabilidade social e da dificuldade do cidadão em se deslocar até a sede no Bairu. “Nosso foco não é trabalhar com o infrator, e sim com a comunidade ordeira, aproximar a polícia do morador, perceber o que ele precisa e tentar adaptar nossos recursos com esta realidade.”

Segundo ele, na quinta-feira (29), será feita uma reunião com a comunidade para ouvir as demandas relacionadas à segurança pública. Já na sexta-feira (30), os policiais militares farão uma ação cívico-social na Escola Municipal Oscar Schimidt, com o intuito de promover a paz social na comunidade. O comandante disse que novas ações como esta devem acontecer em outros bairros da região.

Postado originalmente por: Tribuna de Minas – Juiz de Fora / MG

%d blogueiros gostam disto: