Anuncie
Divinópolis e Região

Atrasos do estado no repasse de recursos pode colocar Divinópolis em colapso na saúde

Por: TV Candidés 21/12/2017 17:18

A dívida que hoje gira em torno de 40 milhões de reais começa a afetar o atendimento básico na UPA Padre Roberto. A situação pode fazer a cidade decretar calamidade financeira. Durante entrevista ao programa Bom Dia Divinópolis da Rádio Minas e TV Candidés, o vice-prefeito Rinaldo Valério disse que neste ano o município já gastou cerca de R$ 146 milhões na saúde. Grande parte destes recursos é dinheiro próprio, já que os repasses do estado estão em atrasos.

Para se ter uma ideia o estado, por exemplo, deveria repassar ao município cerca de R$ 125 mil por mês para custeio da UPA, porém o repasse está atrasado em aproximadamente 16 parcelas. Até o mês de novembro, o município teve de aportar na unidade, R$ 14 milhões. Outro dado importante é o aumento do custo do Hospital São João de Deus, gerado pela ampliação dos serviços como a Sala Vermelha. De janeiro a novembro o executivo transferiu para os cofres do hospital R$ 75 milhões.

Durante a entrevista no Bom Dia Divinópolis, o vice-prefeito ainda justificou as suplementações orçamentárias aprovadas pela câmara. Dos R$ 25 milhões votados pelos vereadores, R$ 3 milhões foram para custeio dos serviços básicos da UPA, como medicamentos e materiais. Nove milhões de reais foram destinados ao São João de Deus e o restante para folha de pagamentos dos médicos e funcionários da saúde, que neste ano já totaliza 68 milhões de reais.

Outro assunto importante abordado por Rinaldo Valério foi o Hospital Público. Segundo ele, foi formalizado junto ao Governo do Estado o interesse do município de fazer uma PPP para terminar a obra e colocar a unidade para funcionar. O Consórcio Intermunicipal de Saúde, formado por 53 cidades, seria o mais interessado em gerenciar o novo hospital.

Postado originalmente por: TV Candides

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: