Pedro Cine Fotos
Divinópolis e Região

Latino recebe crítica de ONG após morte de macaco Twelves

Por: TV Candidés 22/03/2018 16:18

A Ampara Animal, ONG que luta pelos direitos e defende os animais, criticou Latino após a morte de Twelves.

Nas redes sociais, a instituição repudiou a forma como o cantor cuidava do macaco e alertou que os animais silvestres não podem ser tratados como bichos de estimação.

— Twelves era um macaco prego. Que era vestido como humano, usava coleira, era tratado como uma criança. Seus instintos não eram respeitados, sua liberdade lhe foi tirada, ou melhor, nunca teve direito a ela. Nasceu para ser status. Silvestre não é pet! Seu lugar é na natureza.

A Ampara Animal também sugeriu que Twelves tenha fugido porque buscava seu habitat natural.

— Já era a segunda fuga do macaco prego, ambas foram na mesma região, local de mata. É evidente que ele sentia a necessidade de um contato maior com a natureza e liberdade. Entendemos o encanto que os animais causam nas pessoas, mas isso não lhes dá o direito de tê-los.

Procurado para falar das críticas que recebeu da ONG, Latino não se manifestou.

Vale lembrar que o cantor já tinha se envolvido em outras polêmicas conta de Twelves. A primeira vez que ele apareceu com o macaco de estimação em público — em um baile de Carnaval no Rio de Janeiro — Latino foi criticado mas explicou que tinha autorização do Ibama para passear com o bichinho.

Em 2016, a ativista Luisa Mell repudiou uma foto que o cantor postou de seu macaco de estimação fumando. Na época, ela disse que Latino “não tinha a menor ideia sobre a importância destes animais na natureza”. 

Fonte: diversao.r7.com

Postado originalmente por: TV Candides

%d blogueiros gostam disto: