Anuncie
Uberlândia e Região

Começa julgamento do empresário José Rizzo e outros dois acusados de duplo homicídio no ano de 2002

Por: Portal V9 Vitoriosa 11/07/2018 18:14

Fonte: Carlos Vilela/TV Vitoriosa

Começou nesta terça-feira, 11, no município de Nova Ponte, o julgamento do empresário José de Jesus Rizzo, Hudson Vieira e Wônimo Carlos Moreira. Eles são acusados do duplo homicídio de Marco Antônio Aquino e seu cunhado Wagner Monteiro, que ocorreu em março de 2002, em Indianópolis.

O julgamento teve início na manhã desta terça-feira e deve ter duração mínima de dois dias. Ele está sendo conduzido pelo juiz Luiz Antônio Messias e conta com um total de sete jurados. A imprensa não está autorizada a acompanhar os trabalhos, a pedido das duas partes envolvidas na ação.

Rizzo, Vieira e Moreira respondem pelo crime de duplo homicídio triplamente qualificado.

Devido ao julgamento, a Polícia Militar (PM) precisou fechar parte da principal avenida de Nova Ponte, local em que fica localizado o fórum do município. As famílias das vítimas do crime esperam que a justiça seja feita, mesmo após tantos anos.

“A esperança é que esse júri aconteça e que seja feita a justiça. Depois de tantos anos, você fica meio desconfiado, mas a gente tem fé que o júri vai fazer a justiça”, disse Edson Monteiro, irmão de Wagner.

Relembre o caso

O crime aconteceu em março de 2002. Sua provável causa seria uma dívida trabalhista entre José de Jesus Rizzo, empresário bastante conhecido na área de educação em Uberlândia, e Marco Antônio Aquino, que era seu funcionário.

Marco Antônio e Wagner Monteiro foram levados até uma área de reflorestamento às margens da BR-365, onde foram mortos pelos acusados e tiveram seus corpos queimados e enterrados em uma vala.

Informações: Carlos Vilela

Postado originalmente por: Portal V9 – Vitoriosa

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: