Anuncie
Vale do Jequitinhonha

Capelinhense que sofreu acidente há seis meses precisa de ajuda para custear procedimentos cirúrgicos

Por: Aconteceu no Vale 05/03/2018 11:22

A Prefeitura de Capelinha informou neste domingo (04/03/2018) que a Procuradoria Jurídica Municipal entrou com ação judicial, na última sexta-feira (2), para que o Estado de Minas pague a cirurgia do jovem Júnior Cesar Fernandes da Silva, que precisa passar por dois procedimentos cirúrgicos com urgência, sendo um no fêmur e outro na perna direita, para retirar o fixador.

De acordo com o Procurador Jurídico do Município, Sebastião Martins Cardoso, o pedido foi em “caráter liminar de urgência”, dado a situação da perna do Júnior. A secretária municipal de Saúde, Célia Peçanha de Oliveira, esteve na casa do capelinhense, na Rua Austrália, no Bairro Jardim Aeroporto, na sexta-feira, e horas depois da visita o município protocolou a ação judicial contra o Estado.

O QUE JÁ FOI FEITO

A secretária de Saúde, Célia, conta que “há quatro meses o município tenta vaga para a cirurgia do Júnior em Belo Horizonte, mas a resposta é sempre a mesma: não tem prestador. Ou seja, não tem médico que aceite fazer a cirurgia pelo valor que o SUS paga. Para se ter uma ideia, na rede particular o valor da cirurgia fica entre 14 mil e 16 mil reais. Já o SUS paga ao médico entre 900 reais e 1.200 reais, é uma diferença considerável. A tabela do SUS segue sem reajuste já faz 25 anos”.

O número de cirurgias na fila de espera é gigante, e o município de Capelinha não tem condições financeiras para arcar com os procedimentos. A responsabilidade do Estado e da União não vem sendo cumprida para com os municípios. Para conseguir pagar todas as cirurgias solicitadas até o momento em Capelinha, o gasto médio seria de R$ 5 milhões de reais. Por isso é fundamental que a Justiça obrigue o Governo do Estado a pagar.

Júnior Cesar Fernandes da Silva mora em Capelinha (Foto: Divulgação)

REPERCUSSÃO

O caso de Júnior, que é morador da Rua Austrália, no bairro Jardim Aeroporto, foi amplamente divulgado nas redes sociais neste final de semana: o jovem sofreu um acidente há seis meses e está na cadeira de rodas, situação que causou-lhe feridas por ficar sempre na mesma posição. Segundo a postagem nas redes sociais, as duas cirurgias pelas quais ele passou logo após o acidente “foram feitas erradas e os ossos estão estourando, atrofiando o corpo, que está rejeitando o fixador”.

Os capelinhenses, como praxe, se mostram solidários ao caso e já começaram a se mobilizar para ajudar o rapaz. A família de Júnior no momento está sem rendimentos, com despesas a serem cobertas, como aluguel, alimentação, água, luz, deslocamentos e medicamentos.

Mesmo após atuação da Justiça no caso, através do município e do Ministério Público, Júnior ainda não foi chamado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para fazer as cirurgias. Por isso, a Prefeitura de Capelinha ingressará com ação de urgência amanhã, solicitando uma liminar que obrigue o Estado a arcar com as cirurgias.

Ainda assim, quem puder ajudar a família de Júnior com doações em dinheiro auxiliará nas várias despesas decorrentes da situação de saúde dele. Seguem os dados para depósito:

Banco: Caixa
Conta: 17815-9
Agencia: 3378 Capelinha/MG
Operação: 013
Titular: Júnior César Fernandes da Silva
Contato para mais informações e oferecer ajuda: (33) 9 9144-0755.

VER PRIMEIRO

Receba as notícias do Aconteceu no Vale em primeira mão. Clique em curtir no endereço www.facebook.com/aconteceunovale ou no box abaixo:


(Com Ascom Prefeitura de Capelinha)

Postado originalmente por: Aconteceu no Vale

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: